Saúde

Içara

Hospital São Donato inicia mutirão regional de cirurgias

Os procedimentos têm como objetivo minimizar as demandas represadas dos municípios

15
MAI
2018
| 20h12
20h12
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

As cirurgias do mutirão regional do Governo do Estado foram iniciadas pelo Hospital São Donato nesta semana. Os primeiros procedimentos ocorreram na ginecologia, ortopedia e geral. Nesta quarta-feira será a vez de 50 pacientes também serem atendidos para a remoção da catarata. E na próxima semana iniciarão os procedimentos vasculares. Ao todo, a fundação filantrópica atenderá mais de 700 pessoas da região carbonífera até julho.

Em todas as especialidades, a regulação já ocorre por meio do SisReg. Isto significa que o HSD não possui gerência sobre a lista, nem na ordem de atendimento. A sequência é definida por uma fila única, no caso do mutirão, com a distribuição proporcional das vagas conforme a população de cada município. “Este é um sistema transparente. Recebemos os dados diretamente pelo SisReg”, acrescenta o diretor-administrativo Júlio César De Luca.

“O HSD tem sido um grande parceiro do Estado nos mutirões de cirurgias que estão tirando pacientes das filas. Os procedimentos têm como objetivo minimizar as demandas represadas dos municípios. Quando o governador Eduardo Pinho Moreira definiu a Saúde como uma das áreas prioritárias, era justamente para melhorar a vida das pessoas em suas próprias regiões. Isto que estamos fazendo", pontua o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande.

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma