InternetData CenterAssinante

Bebês 'inauguram' UTI neonatal do Hospital Regional de Araranguá

A UTI neonatal havia sido simbolicamente inaugurada, no dia 8 de agosto
Bebês 'inauguram' UTI neonatal do Hospital Regional de Araranguá
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 13/09/2018 às 15:35

Começou a funcionar nessa quarta-feira, dia 12, a UTI neonatal do Hospital Regional de Araranguá (HRA), um sonho de pelo menos 20 anos que passou a ser realidade para toda a região Sul do Estado. Os dois bebês que ´inauguraram´ a unidade são nascidos no HRA, um há 26 dias e outro há dois. São dois meninos, um de uma família de Maracajá e o outro de Araranguá.

A UTI neonatal havia sido simbolicamente inaugurada, com sua estrutura e equipamentos, no dia 8 de agosto. Desde então, o período foi necessário para testes e estruturação e capacitação do pessoal de atendimento. A equipe que prestou os primeiros serviços foi comandada pela pediatra Viviane Gonçalves Madeira. 

Se não existisse a UTI neonatal no HRA, os dois bebês teriam de esperar no hospital até ser obtida uma transferência para outras unidades hospitalares. "Agora podemos oferecer um atendimento muito mais rápido e qualificados às necessidades de nossos recém-nascidos", salientou o diretor técnico do hospital, Eduardo Ali Dominguez. "Estávamos muito ansiosos, mas tínhamos de esperar para todos os detalhes estarem prontos", acrescentou.

Central de regulação

A unidade conta com cinco vagas, e faz parte da Central de Regulação de Leitos da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Assim pode receber tanto recém-nascidos da região quanto de outras partes do Estado. "Foi com muito empenho, ninguém mediu esforços, todo mundo trabalhou para que esse sonho se concretizasse. Então podemos afirmar que agora, definitivamente, a UTI neonatal está ativa em nosso município", ressaltou Dominguez.

Os leitos eram uma reivindicação de pelo menos duas décadas da região Sul do Estado. Entre implantação e custeio, o novo setor do HRA representa um investimento de R$ 400 mil do Governo do Estado. O HRA é administrado pelo Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas), em parceria com a SES, desde o começo do ano.

Colaboração: Eduardo Correia

Anúncio