InternetData CenterAssinante

Governo do Estado encaminha possibilidade de serviço aeromédico no Sul

Atualmente o Saer faz apenas o transporte aos hospitais
Governo do Estado encaminha possibilidade de serviço aeromédico no Sul
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 15/05/2018 às 17:21

Com base no compromisso firmado pelo governador Eduardo Pinho Moreira quando esteve em Criciúma no dia 1º de fevereiro, para entrega do novo helicóptero do Serviço Aeropolicial (Saer), de viabilizar o atendimento aeromédico na Região, o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande se reuniu nesta terça-feira, dia 15, com o comandante do Saer em Criciúma, delegado Gilberto Mondini, e com o vereador Tita Belloli. No encontro, em Florianópolis, foi confirmada a intenção da Secretaria de Estado da Saúde (SES) de firmar parceria entre Saer e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para que seja oferecido também o atendimento primário às vítimas de acidentes, pois hoje o Saer faz apenas o transporte aos hospitais.

Uma nova reunião ficou agendada para a próxima sexta-feira, 18, entre SES, Saer e Samu. “São praticamente 50 municípios, de Passo de Torres a Imbituba, que serão beneficiados. O secretário Acélio Casagrande nos recebeu e, imediatamente, ligou para o gerente-geral do Samu, tenente-coronel João Batista Cordeiro Júnior, propondo a reunião técnica. Com isso, vamos avançar na implantação do novo serviço”, comemorou o vereador Tita Belloli.

Para o secretário Acélio Casagrande, atualmente a aeronave no Sul já faz um papel fundamental para a Segurança Pública, que pode ser ampliado incluindo também o salvar vidas, com uma equipe de profissionais de Saúde.

O delegado Mondini agradeceu o empenho do governo para que o Saer fosse para Criciúma. “Era a única região que ainda não estava contemplada com Saer. Agora, é a única que não tem o serviço aeromédico. Na parte policial, o Saer em Criciúma funciona de forma plena. Agora, queremos ampliar. Com certeza, com o auxílio das autoridades políticas vamos ter mais esta conquista para a nossa Região”, salientou.

Colaboração: Bruna Tomé Borges - Assessoria de Imprensa do secretário de Estado da Saúde

Leia mais sobre: