navegue nos blocos da capa

Saúde

nova veneza

Greve no Hospital São Marcos tem adesão de 100%

Salários do mês de dezembro não foram pagos e paralisação ocorre por tempo indeterminado

11
JAN
2017
| 10h23
10h23
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Os profissionais da saúde do Hospital São Marcos, de Nova Veneza, estão em greve. A paralisação iniciou nesta manhã por causa do não pagamento dos salários do mês de dezembro. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), Cleber Cândido, a adesão é de 100%, no entanto, são mantidos os atendimentos de urgência e emergência.

Aproximadamente 60 profissionais atuam na instituição e em torno 1.5 mil atendimentos são realizados por mês. A orientação do presidente do sindicato é que a população procure os postos de saúde dos bairros, outros hospitais da região ou compareça no São Marcos somente em caso de urgência e emergência.

O Hospital São Marcos é administrado pelo Instituto de Saúde, Educação e Vida (Isev) e, conforme Cândido, o instituto ainda não deu nenhum retorno sobre os pagamentos dos profissionais e a greve será mantida por tempo indeterminado. Além dos profissionais da saúde, os médicos do São Marcos já estão em greve. O atraso nos salários chegam aos três meses. 

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Quando a tecnologia é usada para transformar mundosBombeiros combatem incêndio em sala de alvenariaMotorista colide veículo contra o muro do Corpo de BombeirosSeminário da Diversidade reúne 100 pessoas, em CriciúmaFesta junina embala participantes do Programa Ritmo e Saúde15ª Feijoada do Bairro com a Câmara da Mulher Empresária