navegue nos blocos da capa

Saúde

nova veneza

Greve no Hospital São Marcos tem adesão de 100%

Salários do mês de dezembro não foram pagos e paralisação ocorre por tempo indeterminado

11
JAN
2017
| 10h23
10h23
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Os profissionais da saúde do Hospital São Marcos, de Nova Veneza, estão em greve. A paralisação iniciou nesta manhã por causa do não pagamento dos salários do mês de dezembro. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), Cleber Cândido, a adesão é de 100%, no entanto, são mantidos os atendimentos de urgência e emergência.

Aproximadamente 60 profissionais atuam na instituição e em torno 1.5 mil atendimentos são realizados por mês. A orientação do presidente do sindicato é que a população procure os postos de saúde dos bairros, outros hospitais da região ou compareça no São Marcos somente em caso de urgência e emergência.

O Hospital São Marcos é administrado pelo Instituto de Saúde, Educação e Vida (Isev) e, conforme Cândido, o instituto ainda não deu nenhum retorno sobre os pagamentos dos profissionais e a greve será mantida por tempo indeterminado. Além dos profissionais da saúde, os médicos do São Marcos já estão em greve. O atraso nos salários chegam aos três meses. 

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Grupo Forauto realiza campanha Natal em DobroDupla condenada por tentativa de homicídio foge de delegaciaAcidente entre carro e caminhão deixa vítima presa nas ferragensAcadêmicos evidenciam tendências do verão 2019 no EnModaEm ritmo de fuga conseguiu tornar-se um dos melhores filmes do anoNoite de homenagens da Câmara de Vereadores