InternetData CenterAssinante

Criciúma dá mais um passo para reabrir Banco de Olhos

Ordem de serviço foi assinada na tarde de hoje
Criciúma dá mais um passo para reabrir Banco de Olhos
Foto: Mariana Noronha
Por Mariana Noronha Em 07/01/2016 às 16:34

"É muito bom viabilizar transplantes e apresentar o dia a quem só conhecia a noite". Foi com essa declaração que o presidente da Cruz Vermelha de Criciúma e membro ativo do Banco de Olhos do município, Almir Fernandes de Souza, comemorou o passo dado na tarde desta quinta-feira, dia 7. 

Hoje, o município assinou a ordem de serviço que autoriza a construção e preparação de um novo espaço físico para a reabertura do Banco de Olhos de Criciúma. O banco funcionava no Hospital São José, e está desativado desde 2010 por determinação do Ministério Público. Segundo Almir, até o fechamento o local já tinha captado mais de mil córneas, fazendo de Criciúma uma referência nacional no quesito. 

Infelizmente a estrutura atual inviabiliza a captação e armazenamento de córneas, e impossibilita o trabalho das coletas. A empresa Engecom é responsável pela construção do novo Banco de Olhos, que será anexo ao Hospital Materno Infantil Santa Catarina, e deve abrir ainda neste ano. 

A sala utilizada para o banco terá 75 metros quadrados e será adaptada a todas as exigências do Ministério da Saúde, como parte elétrica, climatização, isolamento térmico e equipamentos. 

"Na segunda-feira já fazemos um levantamento dos nossos primeiros trabalhos", aponta o representante da Engecom, Luiz Tomasi. "Estamos preparados para fazer um trabalho rápido. O prazo de entrega é de 150 dias, mas acreditamos em menos tempo conseguimos concluir", acrescenta. 

A obra tem convênio com o Governo de Santa Catarina. Pelo menos R$118 mil são destinados para construção, e mais R$180 mil – que já estão com a Secretaria de Saúde de Criciúma - para posterior aquisição de equipamentos.

Leia mais sobre:
Anúncio