InternetData CenterAssinante

Produtos industriais dão lugar a alimentação saudável

Hábito alimentar dos brasileiros mudou nos últimos anos
Produtos industriais dão lugar a alimentação saudável
Foto: Divulgação
Por Redação Em 12/11/2015 às 14:38

A lista de compras do brasileiro mudou. Se antes biscoitos, embutidos e doces tinham preferência, atualmente esses itens têm dado espaço para frutas, verduras, ovos e peixes. De acordo com a consultoria Euromonitor, nos últimos cinco anos a venda de alimentos saudáveis aumentou 98% no Brasil. Um mercado que movimenta 35 bilhões de dólares ao ano no país.

A mudança de hábito alimentar do brasileiro tem explicação. O diretor operacional dos supermercados Manentti, Nazareno Dorneles Alves, explica que o envelhecimento da população e a alta taxa de doenças como diabetes e obesidade contribuem para que o consumidor busque opções mais saudáveis. “Segundo o Ministério da Saúde, mais de 50% da população brasileira está acima do peso”, afirma. “Apesar desses indicadores, o brasileiro ainda se mostra mais preocupado com a saúde em relação aos demais países e saem na frente dos ingleses e americanos, por exemplo”, enaltece.  

Varejo investe no novo consumidor

De olho neste novo mercado, o varejo e a indústria alimentícia têm dado espaço para produtos saudáveis. Não é por menos que as prateleiras dos supermercados apresentam um leque maior de variedades saudáveis para o consumidor. “A variedade de produtos vai desde o tradicional feijão e arroz integral às novas opções de barras de cereais e mix de frutas e nozes", comenta Nazareno.

O diretor conta ainda que apenas no Manentti a venda de produtos favoráveis à saúde cresce 15% ao ano. “Estamos nos adequando a esse novo comportamento do brasileiro e investido cada vez mais em mercadorias que geram valor nutricional ao consumidor. Tento em vista os estudos realizados sobre os hábitos de consumo, percebemos que esse comportamento não é apenas um modismo, mas uma nova realidade de mercado”, complementa.

Mudanças para melhor qualidade de vida

Há cinco meses as refeições na casa da jovem Tairini Marcelino, de 19 anos, não são mais as mesmas. Toda a família decidiu mudar seus hábitos alimentares e investir em alimentos favoráveis à saúde. “Não estava feliz comigo mesma e com minhas condições físicas. Cansava fácil, não tinha hábito de realizar exercícios físicos e tinha uma alimentação desregulada”, conta a universitária.

Muita coisa mudou na lista de compras da família. Tairini conta que o arroz branco, suco de caixinha e o leite integral foram deixados de lado. “Hoje nossas refeições têm mais frutas, verduras e apenas massa integral. Comemos também mais cereais, como linhaça e chia”, afirma.

A jovem comenta que já sentiu as mudanças após aderir novos hábitos. “A princípio pensei que não conseguiria seguir uma dieta equilibrada, mas aos poucos percebi que é possível sim manter uma alimentação saudável sem deixar de comer aquilo que a gente gosta, apenas utilizando bons ingredientes. Percebi diferença na saúde, tenho mais energia para realizar as tarefas do dia a dia, além da estética”, finaliza. 

(Colaboração/Texto: Alissa Steilein/Ápice Comunicação)