InternetData CenterAssinante

Rompimento de lagoa da Casan causa alagamentos em Florianópolis; Bombeiros de Tubarão são deslocados

Defesa Civil também está nas ruas para auxiliar nas ocorrências
Rompimento de lagoa da Casan causa alagamentos em Florianópolis; Bombeiros de Tubarão são deslocados
Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros
Por Rafaela Custódio Em 25/01/2021 às 07:44 - Atualizado há 1 mês

Uma forte chuva atingiu Florianópolis na tarde desse domingo, dia 24, e na madrugada desta segunda-feira, dia 25, uma lagoa artificial da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) rompeu e causou enchentes e inundações na Capital de Santa Catarina. Bombeiros de Tubarão foram deslocados para a cidade para ajudar nas ocorrências.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a guarnição foi acionada por volta das 6 horas desta segunda-feira, para atender uma ocorrência de alagamento de diversas residências com possível vazamento de gás na Lagoa da Conceição. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, neste momento atuam as equipes do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Florianópolis, com apoio da Força-Tarefa 08, do Batalhão de Bombeiros Militar de Tubarão. A equipe de Força-Tarefa 01, da Capital também foi empregada. Para garantir a segurança da população, o CBMSC acionou a Celesc para o corte da energia elétrica, bem como a Defesa Civil.

A Casan emitiu um comunicado, confira: 

Em função do rompimento de lagoa artificial de infiltração que recebe efluente tratado da Estação de Tratamento de Esgotos da Lagoa da Conceição, a CASAN já providencia recolocação de tubulações e de bombas danificadas pelas fortes chuvas para normalizar o sistema.

Desde as primeiras horas da manhã, em Operação de Emergência, Diretoria e corpo técnico da Companhia estão no local mobilizados para solução do problema. Profissionais de assistência social também estão presentes avaliando prejuízos e orientando moradores.

A Companhia reafirma que o fluxo de água que escorre é composto por efluente já tratado, o mesmo que em outras unidades após o tratamento pode retornar  a cursos de água como rios e lagoas.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, confirmou ontem que duas pessoas morreram depois de um deslizamento de terra atingir uma residência no bairro Saco Grande. As vítimas eram mãe e filha. A região da Capital vem sendo castigada pelas chuvas dos últimos dias. Além de deslizamentos houve alagamentos em diferentes pontos da cidade.