InternetData CenterAssinante

Possível bomba encontrada na capital era falsificada e não tinha relação com o governador

Material foi recolhido pelo Bope e passará por perícia
Possível bomba encontrada na capital era falsificada e não tinha relação com o governador
Foto: Divulgação/Bope
Por Lucas Renan Domingos Em 08/12/2021 às 16:00

O objeto suspeito de ser um explosivo que foi encontrado próximo da Casa d’Agronômica, na rua Delminda Silveira, em Florianópolis, na manhã desta quarta-feira, dia 8, passará por uma perícia para elaboração de parecer técnico. Conforme o comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais de Santa Catarina (Bope), tenente-coronel Lucius Carvalho, o material era falsificado.

Ainda de acordo com o comandante, apesar do objeto ter sido encontrado a 700 metros da casa oficial do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, não há nenhuma relação com possíveis ataques ao local onde mora Moisés. “Não há relação com o governador”, pontou o tenente-coronel. “Explosivo foi encontrado por um transeunte (pedestre), que informou a um grupo de bombeiros próximo, que, por sua vez, acionou o Bope”, emendou Carvalho.

Para a retirada do material, foram utilizadas técnicas antibombas. “Foi aplicado canhão disjuntor para neutralizar o objeto possível de ser uma bomba. O material restante foi recolhido para elaboração se parecer técnico. O trabalho de investigação fica ao encargo da Polícia Civil”, completou o comandante.