InternetData CenterAssinante

Monitoramento das baleias-francas em SC tem início com a chegada dos estagiários

As enseadas serão monitoradas por uma equipe de 15 estagiários de diversas partes do país
Monitoramento das baleias-francas em SC tem início com a chegada dos estagiários
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 18/08/2020 às 13:14

A temporada reprodutiva das baleias-francas já começou e com ela o ProFRANCA, que conta com patrocínio da Petrobras, está iniciando as atividades de pesquisa para coleta de dados através de ponto fixo. De agosto a novembro, um monitoramento sistemático será realizado na região da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, contribuindo com a conservação da espécie.

A metodologia empregada dá continuidade aos estudos de longo prazo realizados pelo Instituto Australis, para avaliar a abundância, o padrão de distribuição, a sazonalidade e o comportamento das baleias-francas.

Os pontos fixos são estrategicamente localizados em pontos altos para ter ampla visibilidade das enseadas monitoradas, e melhor campo de visão para registro das baleias avistadas. Ao todo, em 2020, serão monitorados 15 pontos fixos desde o Farol de Santa Marta em Laguna até a praia de Pinheira em Palhoça.

As enseadas serão monitoradas por uma equipe de 15 estagiários de diversas partes do país, que foram selecionados por meio de um edital e devidamente capacitados. Os estagiários são estudantes de biologia, medicina veterinária, oceanografia e áreas afins, que buscam experiências práticas em campo, complementando sua formação além das aulas na universidade, e são imprescindíveis para a realização da pesquisa.

Com este trabalho, graças ao patrocínio Petrobras, o ProFRANCA contribui com a capacitação e preparação dos estudantes para o mercado de trabalho, sendo peça essencial na formação dos mesmos.

“Este ano a chegada dos estagiários teve que sofrer ajustes devido ao cenário atual da pandemia de Covid-19, e o treinamento teórico foi realizado por vídeo conferência, entre os dias 17 e 27 de julho”, informa o gerente do ProFRANCA,  Eduardo Renault. 

Além disso, os estagiários estão chegando em grupos e são submetidos ao teste rápido para verificar sua condição de saúde com relação à Covid-19, e após a liberação do resultado e estando bem, são encaminhados ao treinamento prático. Todas as medidas de cuidado recomendadas pelos órgãos competentes estão sendo tomadas. 

“Os estagiários também irão auxiliar na recepção do público em nosso Centro de Visitantes, que está sendo revitalizado e irá reabrir assim que for permitido, de acordo com os decretos relacionados à pandemia”, explica Katia Bolis, coordenadora do Núcleo de Educação Ambiental do ProFRANCA.

A temporada reprodutiva das baleias-francas vai de julho a novembro com pico de ocorrência em setembro, quando será realizado o principal sobrevoo de monitoramento da espécie. Este ano o ProFRANCA também realizará saídas embarcadas para realização de um estudo inédito sobre a ecologia alimentar das baleias-franca. Para saber mais visite www.baleiafranca.org.br e acompanhe nossas redes sociais @institutoaustralis.

O ProFRANCA - Projeto Franca Austral - é realizado pelo Instituto Australis e conta com apoio do Programa Petrobras Socioambiental.