InternetData CenterAssinante

Órgãos da segurança pública prestam homenagens ao policial militar morto em Camboriú

No Sul, efetivos da Polícia Civil, Militar e também do Saer prestaram condolências
Órgãos da segurança pública prestam homenagens ao policial militar morto em Camboriú
Foto: Divulgação PM
Por Thiago Hockmüller Em 13/10/2019 às 07:10

O sábado foi de homenagens ao sargento da reserva da Polícia Militar, Orlando Moreira, 59 anos, que morreu na última sexta-feira, dia 11, em Balneário Camboriú. Ele estava hospitalizado desde o dia 7, quando foi alvejado por cinco tiros ao sofrer um atentado em frente a uma farmácia, localizada no bairro Monte Alegre, onde ele trabalhava como segurança. 

No Sul do Estado, as homenagens foram realizadas por policiais militares, civis e também pela equipe do Serviço Aeropolicial (Saer). Confira nos vídeos: 

Moreira estava internado no Hospital Ruth Cardoso, onde faleceu por volta das 21 horas dessa sexta, vítima de uma parada cardíaca. O autor dos disparos estava na carona de uma moto. Imagens de câmeras de segurança mostram que o sargento estava no lado de fora da farmácia quando foi atingido e correu para dentro. 

Os tiros atingiram o joelho direito, a mandíbula, uma das mãos, o dorso e o abdômen. Segundo a Associação dos Praças de Santa Catarina (Aprasc), ele passou por cirurgia em que foi retirada uma parte do intestino. A PM suspeita que a morte tenha sido uma resposta a ações no bairro, que resultaram em confronto.