InternetData CenterAssinante

Davi Paulo Coelho é ordenado novo padre da Diocese de Criciúma

Ele celebrou sua primeira missa neste domingo, em Jacinto Machado
Davi Paulo Coelho é ordenado novo padre da Diocese de Criciúma
Foto: Divulgação/Diocese de Criciúma
Por Redação Engeplus Em 08/08/2021 às 18:10

Nesse sábado, dia 7, fiéis participaram da Santa Missa com o rito de Ordenação Presbiteral do então diácono Davi Paulo Coelho. A celebração teve início às 15h30 e foi presidida pelo bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach, e concelebrada por dezenas de padres, na Igreja Santa Paulina, que pertencente a Paróquia São João Paulo II, em Sombrio.

O pedido de ordem do candidato foi feito pelo pároco e reitor do Santuário Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, padre Maxssuél da Rosa. Em seguida, o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, padre José Aires de Souza Pereira, deu seu testemunho sobre o jovem vocacionado.

Guiado pelo amor de Cristo

Durante sua homilia, o bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach manifestou sua alegria em ordenar mais um sacerdote para a Igreja e recordou o lema escolhido para a ordenação, “Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei” (Jo 15,12). “As leituras nos mostram que o rei Davi agiu segundo o coração de Deus, por isso, seu lema e o Evangelho nos falam dessa grande missão, de anunciar o amor de Deus. Nesse sentido, que o teu ministério possa sempre ser guiado por este amor”, disse o epíscopo.

Dom Jacinto conclamou Davi, em sua missão como padre, de agir como “profeta, rei e sacerdote”, agindo sempre com o coração mesmo diante de algum sacrifício. “Diácono Davi, este é o grande dia da tua vida e estamos aqui com o povo de Deus e o presbitério celebrando o teu sim para Jesus Cristo”, acrescentou.

O rito de ordenação presbiteral

Após a reflexão, deu-se sequência ao rito, com o propósito do eleito, a ladainha de todos os santos e a imposição das mãos e prece de ordenação, feitas pelo bispo. Depois, o padre foi revestido com a estola e a casula por sua mãe e o padre Juliano Pacheco Bitencourte, pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em seguida, teve as mãos ungidas com o óleo do Crisma por Dom Jacinto.

Agradecimento e homenagem

Ao final da celebração, o já ordenado Padre Davi agradeceu a Deus o dom da vocação, semeada na família e sempre incentivada pelo povo. O novo sacerdote diocesano manifestou sua gratidão a todos os que lhe foram próximos, formadores, padres, familiares e a todos os que o ajudaram e rezaram durante esse tempo de estudos, pastoral e discernimento.

“Todos nós vocacionados aprendemos que no caminho temos sempre alguém muito especial que nos ajuda a permanecer firmes na fé, Maria Santíssima, por isso, convido a todos os seminaristas, religiosas e religiosos para uma homenagem a Virgem de Guadalupe, padroeira das Américas, na certeza de sua intercessão podemos sempre rezar ‘nada me entristeça, nada me preocupe, se estou no teu olhar doce mãe de Guadalupe”, declarou padre Davi que, em seguida, depositou rosas aos pés de Nossa Senhora. Após a celebração, o padre recebeu o carinho dos fiéis, que confraternizaram com ele. Padre Davi celebrou sua primeira missa neste domingo, Dia dos Pais, na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus, em Jacinto Machado.