InternetData CenterAssinante

Papa Francisco: Um ano perdido com mortes e injustiças

Papa Francisco: Um ano perdido com mortes e injustiças
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 31/12/2017 às 18:48

A humanidade desperdiçou o tempo de 2017 com mortes, mentiras e injustiças. Assim o Papa Francisco pautou sua homilia na última celebração de 2017 na Basílica de São Pedro, no Vaticano, na tarde deste domingo (hora local). “As guerras são o sinal flagrante deste persistente e absurdo orgulho”, afirmou, diante de centenas de fieis.

Francisco denunciou também as "pequenas e grandes ofensas para a vida, para a verdade, para a fraternidade, que causam múltiplas formas de degradação humana, social e ambiental".

A celebração contou com o tradicional "Te Deum" (nós te louvamos, Senhor), um dos mais antigos hinos litúrgicos que é cantado em celebrações solenes de ação de graças desde o século IV.

Depois de concluída a celebração, o Papa Francisco seguiu a pé para a Praça de São Pedro, onde estavam centenas de peregrinos que acompanhavam a oração; cumprimentou as pessoas, deixou-lhes votos de um bom ano de 2017 e rezou junto do presépio que ali está instalado.

Esta segunda-feira, primeiro dia de 2018, o Papa Francisco vai presidir à Missa da solenidade de santa Maria, Mãe de Deus, por ocasião do Dia Mundial da Paz.

(Colaboração: Agência Ecclesia)

Anúncio