InternetData CenterAssinante

Projeto que institui política de cicloturismo em Morro da Fumaça é aprovado no Legislativo

PL foi aprovado por unanimidade
Projeto que institui política de cicloturismo em Morro da Fumaça é aprovado no Legislativo
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 01/11/2021 às 14:50

O Projeto de Lei nº 76/2021 de autoria do vereador Ricardo Pacagnan da Rocha (PP), aprovado na Câmara de Vereadores de Morro da Fumaça por unanimidade, institui a política de cicloturismo na cidade. O projeto estabelece objetivos como: o incentivo ao uso da bicicleta e ao turismo ecológico; a melhoria da saúde e bem-estar dos cidadãos, por meio da promoção do lazer e da atividade física; a valorização da cultura e dos atrativos turísticos do município; o desenvolvimento dos arranjos produtivos locais e movimentação da economia e a promoção da mobilidade e acessibilidade. 

O texto do projeto também afirma que os circuitos e rotas ciclo turísticas serão traçados e implantados considerando as bacias hidrográficas, o relevo e a formação histórica, cultural e social do município, que deverão ter seus traçados estabelecidos, preferencialmente, em estradas, vias secundárias ou de menor fluxo de veículos motorizados, sendo garantida a participação popular no processo de criação das rotas e circuitos. 

Líder da bancada do PP no Legislativo Fumacense, Pacagnan disse que procurou o prefeito Agenor Coral e o vice-prefeito, Eduardo Guollo, além do diretor de Esportes na época, Carlos Sweder, antes de propor o projeto e colocá-lo em discussão em plenário. “Após a conversa que tive com eles eu fui convidado para uma reunião para demonstração de rotas e fiquei sabendo que existem mais de 500 praticantes de ciclismo em Morro da Fumaça”, disse Ricardo. 

Pacagnan afirmou que após sancionado, o projeto deverá estar integrado com as diretorias de esporte e cultura, pois é uma iniciativa que deve estimular não apenas o esporte, mas também a cultura e turismo de Morro da Fumaça. 

“Tenho certeza que o projeto irá somar em vários fatores, meio-ambiente, economia, saúde, esporte e mobilidade, atualmente há muitos veículos, incentivar o ciclismo irá beneficiar a população como um todo. Além de valorizar vários pontos do nosso município através do cicloturismo, também irá valorizar empresas e a agricultura que irão estar na rota do ciclismo de nossa cidade” explicou. 

O vereador citou o primeiro evento de cicloturismo realizado na cidade em setembro deste ano, como exemplo de sucesso. Foram mais de 600 participantes que percorreram cerca de 31 km da cidade. 

“Foi um evento de sucesso realizado em nosso município e que contará agora com a política de cicloturismo como uma aliada nos eventos futuros. Além disso, com a rota implantada em nossa cidade, poderá ser integrado com outros municípios que poderão utilizar as estradas de Morro da Fumaça em seus eventos”, comentou.