InternetData CenterAssinante

Criciúma poderá contar com serviços de mototáxi; entenda

Vereador questiona o município sobre alteração da Lei 5.457, de 21 de Dezembro de 2009
Criciúma poderá contar com serviços de mototáxi; entenda
Foto: Divulgação/Câmara Balneário Camboriú
Por Rafaela Custódio Em 23/11/2021 às 10:29

O vereador de Criciúma, Nícola Martins (PSDB), apresentará na sessão desta terça-feira, dia 23, o requerimento 840/2021, questionando o Poder Executivo Municipal sobre a possibilidade de o município alterar a Lei 5.457, de 21 de Dezembro de 2009, no que concerne ao parágrafo 1º do Artigo 1º, que diz que é proibido o transporte de passageiros em motocicletas em Criciúma. 

“A lei proíbe o transporte de passageiros por motos em Criciúma e isso pode mudar. Pensando em liberdade econômica, nossa ideia é revogar o artigo e as empresas poderão atuar na cidade. Já conversei com a Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) e estamos buscando regulamentar o trabalho no município”, explicou o parlamentar criciumense. 

Conforme o vereador, será montado um estudo e depois o projeto para que o serviço de mototáxi seja realizado em Criciúma. “Isso não faz com que os cidadãos fiquem reféns de empresas e teremos mais opções de serviço na cidade”, afirmou. O prefeito Clésio Salvaro também esteve reunido com o parlamentar. “Já estive com o prefeito e ele também aceitou dar continuidade”, acrescentou. 

Para que o serviço seja realizado em Criciúma é necessário que o Poder Executivo revogue o artigo da lei. “O primeiro passo é aprovar o Requerimento. É algo difícil para este ano, porém vamos buscar os estudos e projetos para 2022”, finalizou.

Leia mais sobre: