InternetData CenterAssinante

Pelo segundo mandato, Geovana Benedet Zanette pretende lutar pela educação

Ela recebeu 1.664 votos e afirma ser 100% governo municipal
Pelo segundo mandato, Geovana Benedet Zanette pretende lutar pela educação
Foto: Rafaela Custódio / Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 25/12/2020 às 09:35

Geovana Benedet Zanette (PSDB) está entre os nove vereadores que se reelegeram nas eleições municipais. Ela recebeu 1.664 votos e, a partir do dia 1º de janeiro de 2021, inicia seu segundo mandato na Câmara de Criciúma. Com 48 anos, ela quer lutar pela educação e garante que é 100% governo municipal. 

“Fizemos um bom trabalho e isso foi reconhecido pela sociedade. Minha comunidade é a Quarta Linha e, por lá, conseguimos pavimentação, escrituras para 500 famílias, sendo que 140 já foram entregues e o restante estão sendo encaminhadas. Estivemos nas ruas e ouvimos a população para que conseguíssemos levar os pedidos ao Executivo”, conta. 

Vereadora há quatro anos, ela garante que teve um papel fundamental na comunidade e quer continuar trabalhando no próximo mandato para dar continuidade ao trabalho já realizado. 

“Não fui convidada para nenhuma Secretaria. Vou assumir uma cadeira no Legislativo e honrar cada voto que conquistei”. 

Geovana Benedet Zanette
-----------------------------------

Dois trabalhos 

Além de ser vereadora, Geovana também é professora e garante que a educação é a sua prioridade. Recentemente, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) encaminhou ao legislativo o PLC-EXE 33/2020, que altera a escolha de diretores de escolas municipais por meio de eleições diretas. Porém, os parlamentares rejeitaram o projeto. Geovana votou contra. Apesar do voto, ela afirma ser 100% governo municipal e estará sempre ao lado do chefe do Poder Executivo. 

“Foi uma situação difícil, mas sempre tive claro meus ideais, por isso, votei contra.  Recebi muita pressão, pois as escolas estão realizando eleições há anos. Mas acredito que tem que ter uma regulamentação, uma avaliação do gestor. Dá para fazer uma junção e a comunidade participar”, observa. “Tive o apoio de pessoas próximas sobre as minhas ideias. Sou 100% governo, foi a primeira vez que votei ao contrário. Admiro muito o prefeito, mas foi uma matéria difícil”, acrescenta. 

Geovana terá na Câmara de Vereadores mais duas mulheres - Roseli de Lucca Pizzolo (PSDB) e Giovana Mondardo (PCdoB) - e ela acredita que a renovação no Legislativo será importante. “É importante termos mais mulheres na Câmara. Neste mandato, eu e a Camila [Nascimento] demos voz às mulheres e, quanto mais mulheres no Legislativo, melhor será”, analisa. 

“Estamos tentando igualar a bancada no Legislativo. Cada mulher que se elege é uma vitória para todas”. 
Geovana Benedet Zanette 
-----------------------------------

Eleições 2020 

Apesar de ter recebido 1.664 votos, Geovana esperava mais. “O cenário foi surpreendente para todos. A meta era mais ousada, porém nos elegemos. Sou grata por cada voto. Em uma eleição, ninguém é melhor do que ninguém. Todas as pessoas são iguais e o voto de cada eleitor faz diferença", destaca. 

Nos próximos quatro anos, a vereadora quer continuar lutando pela educação. “A  educação é o meu trabalho também. Quero estar mais próxima da Secretaria de Educação. Não tem tarefa fácil nesta pasta, mas as mudanças são importantes e estou levando ideias para o prefeito”, comenta. 

Apesar de ser situação na Câmara, Geovana comenta que precisará dialogar com a oposição. “Ideias vão se divergir, mas é importante o diálogo. Sou do governo, todavia a oposição sempre vai existir. A oposição tem que ser nas ideias e neste mandato percebemos que a oposição lidou com inverdades, mas seguimos e o resultado mostrou isso nas urnas”, analisa. 

Futuro

Geovana garante que quer cumprir o mandato, mas não descarta a possibilidade de disputar as Eleições de 2022. “Não penso em sair para deputada [estadual ou federal] por enquanto. Penso em cumprir o mandato de vereadora. Isso não está latente, mas não descarto a possibilidade. O grupo pensa, as pessoas que estão ao meu lado pensam nisso. Por enquanto, estou focada na Câmara de Vereadores”, garante. 

Leia mais 

Pelo terceiro mandato, Paulo Ferrarezi quer escutar mais a sociedade e reforça luta pela saúde

Vereador de primeiro mandato, Juarez de Jesus garante: ‘quero ser parceiro da cidade'

Giovana Mondardo: a busca pela igualdade de gênero, saúde pública e aproximação com a sociedade

Novo mandato de Zairo Casagrande será focado na mobilidade e aplicação de leis aprovadas

Câmara de Vereadores: Nícola Martins e a busca pelo cumprimento dos 20 compromissos com Criciúma

Vereadora mais votada de Criciúma, Roseli de Lucca descarta secretaria e garante mandato na Câmara

Reeleito, Júlio Kaminski quer contribuir com o desenvolvimento econômico e a saúde de Criciúma