InternetData CenterAssinante

Vereadores discutem possível saída da Cidasc de Criciúma

Parlamentares solicitarão presença de integrantes da Cidasc para comparecerem à Casa
Vereadores discutem possível saída da Cidasc de Criciúma
Foto: Divulgação
Por Jessica Rosso Em 19/08/2019 às 18:47

A possível saída da Companhia Integrada Desenvolvimento Agrícola de SC (Cidasc) de Criciúma gerou uma discussão no início da Sessão Ordinária na Câmara de Vereadores de Criciúma na tarde desta segunda-feira, dia 19. Logo na abertura dos trabalhos, o vereador Tita Beloli pediu a interrupção da sessão para discutir o assunto com outros parlamentares. 

No retorno da sessão, o vereador esclareceu que a informação chegou ao Legislativo nesta tarde e por isso, os vereadores solicitarão a presença de integrantes da Cidasc para comparecerem à Casa para tratar do assunto. "Queremos ouvi-los e daí sim tomar algumas providências, e dizer que não aceitamos tirar a Cidasc aqui de Criciúma. Queremos tornar isso público e dizer que estamos tristes com o Governo do Estado com essa notícia, de retirar um órgão tão importante da nossa cidade", comentou na tribuna. Segundo Beloli, a sede da Cidasc pode ser transferida para Araranguá.

Leia mais sobre: