InternetData CenterAssinante

Governador anuncia mais de R$ 11,6 milhões para pavimentação da rodovia Jacob Westrup

Ele também assinou convênio do Projeto Recuperar e emendas parlamentares
Governador anuncia mais de R$ 11,6 milhões para pavimentação da rodovia Jacob Westrup
Foto: Maurício Vieira/Secom
Por Redação Engeplus Em 14/11/2019 às 15:15

Com liberação de R$ 8 milhões em recursos próprios do Governo do Estado, Carlos Moisés assinou nesta quinta-feira, 14, convênios para a pavimentação da rodovia Jacob Westrup, entre Forquilhinha e Maracajá, na BR-101. A confirmação ocorreu durante agenda de trabalho no Sul, e o investimento faz parte do programa Novos Rumos. No mesmo ato, também foi firmado acordo pelo Projeto Recuperar com o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIM-Amrec), totalizando mais de R$ 2,7 milhões. O evento ainda contou com liberação de mais de R$ 910 mil em emendas parlamentares para deputados da região. Ao todo, na primeira parada da viagem, foram anunciados R$ 11,6 milhões em investimentos.

Dois convênios foram assinados: um, de R$ 5 milhões, com a Prefeitura de Forquilhinha e outro, de R$ 3 milhões, com a de Maracajá. As administrações municipais ficarão responsáveis pela obra e os valores são correspondentes ao trecho da rodovia situado em cada município.

O governador lembrou que a origem dos recursos são as economias feitas ao longo deste primeiro ano de gestão. "São obras feitas com recursos próprios. Temos uma relação republicana com os deputados, que levam as prioridades da região, ouvimos os prefeitos, e assim conseguimos avançar. Nós fazemos a nossa parte, economizando, revisando contratos, inovando com o Governo Digital, fazendo parcerias com consórcios, e o dinheiro público chega onde precisa estar", afirmou Moisés. "Vamos colocar a casa em ordem e fazer o Estado ser superavitário para que o dinheiro esteja a serviço das pessoas", acrescentou.

Corredor de desenvolvimento

A pavimentação beneficia diretamente Forquilhinha e Maracajá e também tem impacto positivo para toda a região. Os dois municípios e Nova Veneza têm 50% de área territorial utilizada para a produção agrícola, além de contar com importantes indústrias. O novo acesso à BR-101 significa mais qualidade e agilidade para escoar a produção, além de oferecer mais segurança à população. 

A Jacob Westrup asfaltada se soma a outro investimento feito pelo Governo do Estado na região. Anunciada em outubro como parte do programa Novos Rumos, a revitalização da rodovia Jorge Lacerda dará mais qualidade e segurança ao acesso sul de Criciúma à BR-101.

Participaram do ato o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, os secretários de Estado Natalino Uggioni (Educação) e Carlos Hassler (Infraestrutura e Mobilidade), prefeitos da região e deputados.

"Nosso governador tem feito uma verdadeira inovação no jeito de administrar Santa Catarina. Falo isso como prefeito e sei do carinho que estamos recebendo. É um sonho que está se realizando", destacou o prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha. "É um dia histórico para Forquilhinha e Maracajá. A pavimentação é muito importante para o escoamento da produção agrícola e industrial e para o turismo. É um corredor de desenvolvimento", acrescentou o prefeito anfitrião, Dimas Kammer.

Projeto Recuperar: Amrec terá mais recursos para manutenção de rodovias

O Governo do Estado também firmou um convênio com o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIM-Amrec), para adesão ao Projeto Recuperar. Os 12 municípios que compõem a Região Carbonífera irão receber R$ 548.332,96 por mês. Os repasses contemplam Balneário Rincão, Cocal do Sul, Criciúma, Forquilhinha, Içara, Lauro Müller, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Orleans, Siderópolis, Treviso e Urussanga. O convênio assinado vale por cinco meses, totalizando mais de R$ 2,7 milhões.

Com o Recuperar, o Governo projeta dobrar a aplicação de recursos com a manutenção de rodovias. A partir do ano que vem, a previsão é que o projeto receba R$ 120 milhões por ano, o que representa um crescimento de 124% em relação aos R$ 53,5 milhões aplicados em 2018.

Para a Região Carbonífera, o montante supera até mesmo o que foi aplicado mensalmente no ano passado em todos os municípios do Sul, incluindo as regiões de Araranguá, Criciúma e Tubarão. Somadas, as três microrregiões tiveram, em média, R$ 473 mil por mês aplicados com roçada, conserva, tapa-buracos e sinalização.

Forquilhinha se torna a Capital Estadual da Pastoral da Criança

O legado de Zilda Arns para Forquilhinha, Santa Catarina e o mundo foi reconhecido pelo governador durante a passagem pelo município. Carlos Moisés sancionou a lei que torna a cidade natal de Zilda a Capital Estadual da Pastoral da Criança.

O projeto de lei é de autoria do deputado Rodrigo Minotto. A ilustre forquilhinhense criou em 1983 a Pastoral da Criança, iniciativa que se espalhou pelo Brasil e amenizou o sofrimento de inúmeras famílias pobres. Zilda morreu em 2010, durante o terremoto no Haiti. Ela estava em Porto Príncipe, onde cumpria missão humanitária para implantar a Pastoral da Criança no país caribenho.

Urussanga, Morro da Fumaça e Cocal do Sul beneficiados por emendas parlamentares

Carlos Moisés concluiu a agenda em Forquilhinha com a assinatura de transferências de valores de emendas parlamentares, beneficiando quatro municípios.

Em Urussanga, o Centro Educacional Profissional Lydio de Brida será revitalizado e reformado, com R$ 100 mil destinados por uma emenda do ex-deputado estadual Valmir Comin. No mesmo município, um investimento de R$ 250 mil viabilizado por emenda do ex-deputado estadual e atual deputado federal Ricardo Guidi garantirá a pavimentação da rua Atílio Damian, no bairro Rio Salto.

Para Morro da Fumaça, o governador liberou R$ 300 mil de emenda parlamentar da deputada estadual Ada de Luca para pavimentar com asfalto o acesso à Gruta Nossa Senhora de Lurdes, no perímetro urbano do distrito de Presidente Juscelino.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Cocal do Sul foi beneficiada com R$ 100 mil para uma obra de ampliação, resultado de emenda do deputado Luiz Fernando Vampiro.

Também foi assinada a liberação de R$ 160 mil para a construção de salas de aula no Centro de Educação Infantil Margarete Tomazi Rocha, em Maracajá. O investimento deve resolver totalmente a fila de espera no município. A transferência é resultado de uma emenda parlamentar do deputado estadual José Milton Scheffer, pela Secretaria de Estado da Educação.