InternetData CenterAssinante

Deputada federal busca instalar Casa da Mulher Brasileira em Criciúma

A Casa estaria localizada na Universidade do Extremo Sul Catarinense
Deputada federal busca instalar Casa da Mulher Brasileira em Criciúma
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 21/08/2019 às 10:53

A deputada federal Geovania de Sá (PSDB) está buscando instalar uma unidade da Casa da Mulher Brasileira em Criciúma. O espaço é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres vítimas ou ameaçadas de violência doméstica. O programa integra, no mesmo espaço, serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia, Juizado, Ministério Público, Defensoria Pública, promoção da autonomia econômica e cuidados para os filhos.

Geovania esteve reunida com a secretária nacional de Políticas para Mulheres, Cristiane Britto, em Brasília, para debater o assunto. A Casa estará localizada na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). O projeto seria mantido por meio de emendas parlamentares durante os primeiros dois anos de atividade. Depois deste período, contaria com a participação do Estado e Município. 

De acordo com a deputada, a Casa é necessária para trazer ainda mais assistência às mulheres vítimas de violência doméstica. “Não podemos continuar sendo o quinto país do ranking em casos de homicídios de mulheres. Queremos ser o primeiro a protegê-las”, destaca.

Leia mais: 

Número dos casos de violência doméstica aumenta em Criciúma

Violência doméstica: um crime que não tem classe social, cor ou aparência