InternetData CenterAssinante

Criciúma tem mais de 144 mil eleitores aptos a votar nas eleições de 2020

Informação foi divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina
Criciúma tem mais de 144 mil eleitores aptos a votar nas eleições de 2020
Por Rafaela Custódio Em 08/10/2019 às 08:16

Criciúma tem 144.580 eleitores aptos a votar nas eleições de 2020. A informação do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) divulgada na última semana. São 61 locais de votação com 425 sessões. 

O 1º turno das Eleições Municipais de 2020 será realizada no dia 4 de outubro. Pela Constituição Federal (artigo 14, parágrafo 1º), o alistamento eleitoral e o voto no Brasil são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os jovens de 16 e 17, para os idosos acima de 70 e para os analfabetos. Para saber como está a sua situação eleitoral, basta o eleitor consultar o Portal do TSE.

Público 

A maioria dos eleitores criciumenses são adultos. Em maior número, estão as pessoas entre 45 a 59 anos com 37.626. Já na menor faixa etária estão os adolescentes de 16 anos com 119 eleitores. Confira o gráfico: 

Dos eleitores de Criciúma, a maioria são mulheres, que representam 52,8% (76.355) e homens são 47,2% (68.225). 

Instrução

Ensino fundamental incompleto: 37.426 eleitores;

Ensino fundamental: 15.661 eleitores;

Ensino médio: 31.406 eleitores;

Ensino médio incompleto: 29.961 eleitores;

Superior completo: 15.395 eleitores;

Super incompleto: 9.721 eleitores;

Analfabetos: 1.311 eleitores;

Lê e Escreve: 3.698 eleitores;

Não informou: 1 eleitor.

Locais de votação

O maior local de votação em Criciúma é o Colégio São Bento, com 6.897 eleitores. O segundo é Colégio Lapagesse, com 6.129, e em terceiro está a Escola Padre Miguel Giacca, com 5.442. 

Biometria 

A biometria em Criciúma ainda não é obrigatória, porém o TRE-SC poderá mudar até a eleição. A última atualização do cadastro biométrico apontou que a cidade possui eleitorado biometrizado de 31,4% e um eleitorado pendente de 68,6%. A média de atendimentos diários é de 45 pessoas. 

Como fazer o cadastramento biométrico?

O eleitor deve agendar seu comparecimento a um dos locais de atendimento do município em que irá exercer o voto levando:

  • Documento oficial de identidade com foto (para o primeiro alistamento serve certidão de nascimento ou de casamento);
  • Comprovante de domicílio recente (emitido nos últimos três meses). A comprovação de domicílio poderá ser feita mediante um ou mais documentos dos quais se infira ser o eleitor residente ou ter vínculo profissional, patrimonial ou comunitário no município a abonar a residência exigida;
  • Para primeiro alistamento os homens maiores de 18 anos devem comprovar a regularidade com o serviço militar;

Como ocorre o cadastramento biométrico?

  • O procedimento é rápido e gratuito. Primeiro, os dados pessoais e eleitorais são atualizados (nome, ocupação, endereço, local de votação, cadastro como mesário voluntário, registro de necessidade especial, etc.). Depois é registrada a assinatura (imagem em formato digital), foto e impressões digitais de todos os dedos das duas mãos. Ao fim, é entregue o título eleitoral atualizado;

Transferência de título

As pessoas poderão solicitar a transferência do título de eleitor para outro domicílio eleitoral (município de votação). A transferência deve ser feita pelo eleitor que mudou de endereço nos últimos meses e pretende votar no novo local de residência. Para tanto, ele deve comparecer ao cartório eleitoral mais próximo portando documento original com foto, o título (se o tiver) e comprovante recente do novo endereço.

É necessário que o eleitor resida há pelo menos três meses no novo município e já tenha transcorrido no mínimo um ano da data do seu alistamento eleitoral ou da última transferência do título. A única exceção para essas exigências é para o servidor público civil ou militar, bem como para os membros de sua família, que, por motivo de remoção, tenham se mudado de cidade. Para efetivar a transferência, também é indispensável que o eleitor esteja em dia com a Justiça Eleitoral.

Confira os números de eleitores da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec):

  1. Balneário Rincão: 11.453 eleitores;

  2. Criciúma: 144.580 eleitores

  3. Cocal do Sul: 13.629 eleitores;

  4. Forquilhinha: 19.131 eleitores;

  5. Içara: 39.884 eleitores;

  6. Lauro Müller: 12.054 eleitores;

  7. Morro da Fumaça: 12.933 eleitores; 

  8. Nova Veneza: 11.845 eleitores; 

  9. Orleans: 18.699 eleitores; 

  10. Siderópolis: 10.762 eleitores; 

  11. Treviso: 4.095 eleitores; 

  12. Urussanga: 17.123 eleitores.