InternetData CenterAssinante

PT e PSL elegem as maiores bancadas da Câmara dos Deputados

O tamanho das bancadas é fundamental na atuação parlamentar
PT e PSL elegem as maiores bancadas da Câmara dos Deputados
Foto: Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados
Por Redação Engeplus Em 08/10/2018 às 08:48

O PT e o PSL despontaram das urnas neste domingo, dia 7, com as maiores bancadas para a Câmara dos Deputados dos próximos quatro anos. O PT, que em 2014 elegeu 69 deputados, continua com uma grande bancada, mas perdeu representação ficando com 56 deputados. O maior crescimento foi do PSL, que saiu de um deputado eleito em 2014 para 52.

O MDB – que hoje ocupa a presidência da República com Michel Temer – perdeu quase a metade do espaço que tinha em 2014, quando elegeu 65 deputados. A bancada tem até agora 34 parlamentares.

O Partido Novo, que estreou nas eleições de 2018, conseguiu 8 deputados. A nova Câmara continua marcada pela fragmentação partidária. São 30 legendas com representação no Parlamento.

O tamanho das bancadas é fundamental na atuação parlamentar. O maior partido ou bloco tem peso na escolha dos cargos mais importantes da Casa, como a presidência da Câmara e da Comissão de Constituição e Justiça.

Até fevereiro de 2019, quando os deputados tomam posse, os partidos ainda possam se aliar em blocos para ajustar a atuação parlamentar de acordo com o resultado da eleição para presidente da República.

Santa Catarina

Os eleitores de Santa Catarina definiram, na eleição de ontem a composição da bancada catarinense na Câmara Federal. No total, 11 novos deputados federais foram eleitos pela primeira vez, enquanto cinco conseguiram a reeleição. O Sul do Estado elegeu três dos 16 deputados federais eleitos: Daniel Freitas (PSL), Geovânia de Sá (PSDB) e Ricardo Guidi (PSD).

Ao todo 3.548.458 (83,66%) votos válidos foram registrados pelo TSE, com 301.690 (7,11%) brancos e 391.519 (9,23%) nulos. Confira a lista completa dos eleitos:

Hélio Costa (PRB)

Daniel Freitas (PSL)

Professor Pedro Uczai (PT) - reeleito

Caroline de Toni(PSL)

Geovania de Sá (PSDB) - reeleita

Carlos Chiodini (MDB)

Fabio Schiochet (PSL)

Angela Amin (PP)

Carmen Zanotto (PPS) - reeleita

Celso Maldaner (MDB) - reeleito

Peninha (MDB) - reeleito

Darci de Matos (PSD)

Ricardo Guidi (PSD)

Coronel Armando (PSL)

Rodrigo Coelho (PSB)

Gilson Marques (NOVO)

Justiça Eleitoral

Os resultados finais deste domingo poderão ser alterados em decorrência de eventuais recursos decididos pela Justiça Eleitoral. O Judiciário analisa ações sobre abuso do poder econômico e político nas eleições, cumprimento de critérios para assumir o cargo, e o atendimento dos requisitos da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10).

 

Leia mais sobre: