Política

Criciúma

Prefeito fala sobre revogação do decreto do IPTU

Coletiva de imprensa foi concedida na tarde desta quarta-feira, no Paço Municipal

24
JAN
2018
| 17h47
17h47
Jessica Rosso
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Jessica Rosso

O prefeito de Criciúma Clésio Salvaro, reforçou em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, dia 24, realizada no Paço Municipal, a revogação do Decreto número 1599/17, que estipulou o aumento significativo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O comunicado já havia sido feito no início da tarde de ontem.

Segundo o prefeito, o decreto foi resultado de um amplo estudo feito pela equipe técnica da prefeitura, que avaliou que deveria ser feita a justiça fiscal "Assinamos o decreto. Chamo para mim a total responsabilidade pelo decreto. O cidadão estava coberto de razão. A prefeitura não erra, mas o governo é feito por pessoas, e nesse caso foi um erro, por isso revogo o decreto e a partir de agora criamos um comitê permanente com secretários do governo, que estudarão caso a caso", comunicou.

Salvaro ainda explicou que 467 pessoas já realizaram o pagamento do IPTU, o que equivale a uma quantia de R$ 186 mil. "Quem pagou a mais deve vir até a prefeitura para ser ressarcido. Também haverá um espaço no Terminal Central para emissão do documento e sanar dúvidas sobre o assunto", afirmou.

A partir do dia 1º de fevereiro, o novo valor já estará disponível à população. O prefeito também aproveitou para relembrar que a Lei aprovada no ano passado pela Câmara de Vereadores de Criciúma ampliou o número de isentos no município. A lei pode ser acessada no site do Legislativo.

Conforme o Presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma Júlio Colombo, informações falsas relacionando o Decreto foram divulgadas nas redes sociais envolvendo os vereadores. "São inverdades e mostramos ao Executivo que houve um excesso, cumprimos nosso papel", afirmou. 

Leia mais sobre: iptu, decreto, clésio salvaro
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
“Eu era um líder fortíssimo em Criciúma, mas houve ausência física”, diz Eduardo MoreiraCriciúma representa Estado em projeto nacional de modaConheça as etapas da importação dentro do portoFNDE realiza vistoria na Escola Rosalino de NezGiovanna Amboni é a Musa 2018 da Sociedade Recreativa MampitubaAniversariantes neste dia 22/02