InternetData CenterAssinante

Os 103 projetos aprovados e 64 faltas justificadas da Câmara de Vereadores

Vereadores realizaram 16 moções de aplausos em 43 sessões ordinárias
Os 103 projetos aprovados e 64 faltas justificadas da Câmara de Vereadores
Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores
Por Rafaela Custódio Em 17/07/2018 às 20:17

Atualizada às 15h27 - 18 de julho

Nos primeiros 190 dias de 2018, os 17 integrantes da Câmara de Vereadores de Criciúma realizaram 43 sessões ordinárias, contando até o dia 10 de julho. Desses 43 encontros, 64 faltas foram justificadas e uma ausência. Além disso, 103 leis foram aprovadas, entre elas, mudança de nome de bairro, disponibilização de atendente com fluência em Libras em hospitais e unidades de pronto-atendimento e a inclusão da carne de peixe e seus derivados no cardápio da merenda escolar da rede pública municipal.

Os vereadores também aprovaram 16 Moções de Aplausos, entre elas para a Liga Atlética da Região Mineira (Larm) pelos seus 70 anos, para a Sociedade Recreativa Mampituba pela realização do 48º Torneio de Tênis Banana Bowl e ao Pastor João Ceno Ohlweiler, como reconhecimento a sua jubilação.

Faltas justificadas

O presidente e vice da Câmara, Julio Cezar Colombo (PSB) e Daniel Costa de Freitas (PSL), respectivamente, foram os que mais justificaram faltas: 14 cada um. Apenas a vereadora Camila Nascimento (PSD) se ausentou de uma Sessão Ordinária, no dia 22 de maio. Porém, a falta foi descontada em salário. A vereadora explicou que esteve na Sessão, entretanto, precisou sair por motivos pessoais.

O vereador Salésio Lima (PSD) foi o único da bancada que ainda não tem justificativa e nem ausência nas Sessões desse ano.

Justificativas

Ademir José Honorato (MDB) – duas faltas justificadas

“As duas faltas foram porque estava em Brasília, em reunião sobre a Coopera e Celesc, em relação ao consumo de energia de alguns bairros de Criciúma”, explicou.

Aldinei João Potelecki (PRB) – duas faltas justificadas *

“Em uma sessão que faltei foi porque estava em Lages, em um Congresso de Cidades Digitais”, relatou. O vereador não soube informar a razão da segunda falta.

Jair Augusto Alexandre (PSC) – três faltas justificadas

“Tive uma homenagem por ter sido presidente do Samae de Jaraguá do Sul. A homenagem aconteceu no mesmo horário da sessão da câmara. Já as outras duas faltas foram porque precisei representar a igreja da qual sou bispo”, contou.

Tita Belloli (MDB) – três faltas justificadas

“Estive em Brasília em reunião sobre a Coopera e Celesc. A segunda vez foi porque estava em posse da Associação de Moradores do bairro Primeira Linha. Já na terceira estive em Florianópolis com o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande”, detalhou.

Dailto Feuser (PSDB) – três faltas justificadas

“Uma foi para uma reunião do partido; na segunda estive na Assembleia Legislativa em Florianópolis; e a terceira foi por doença”, afirmou,

José Paulo Ferrarezi (MDB) – uma falta justificada

“Cumprindo agenda em Brasília e estava representando a Câmara de Criciúma”, afirmou.

Daniel Costa de Freitas (PSL) – 14 faltas justificadas

“Foram por questões partidárias, pela construção do partido, por doença e também estive representando a Câmara de Criciúma para representar os vereadores”, contou.

Julio Cezar Colombo (PSB) – 14 faltas justificadas

“Faltas justificadas não são faltas. Toda vez que faltei foi porque estava representando a Câmara de Vereadores em algum compromisso”, explicou.

Zairo José Casagrande (PSD) – uma falta justificada

“Não tenho como lembrar o motivo de ter faltado”, admitiu.

Allison Jose Pires (PSDB) – três faltas justificadas

“Em uma falta estive em sessão de saúde, outra no Conselho de Saúde e na última em audiência pública no bairro Laranjinha, representando os vereadores”, detalhou.

Camila Nascimento (PSD) – uma sessão ausente

“Eu estava presente na sessão, mas quando o vereador vai se ausentar, é preciso justificar antes. Como eu participei de dois terços da sessão e não estive no último, apareceu como ausente. Tive problemas pessoais e precisei realmente sair”, justificou.

Moacir Dajori (PSDB) – quatro faltas justificadas

“Todas foram por motivos de doença”, afirmou.

Valmir Dagostim (PP) – três faltas justificadas

“Estive em Brasília para reunião sobre a Celesc e Coopera. A segunda, em uma audiência em Florianópolis e a terceira porque estava na Acic representando os vereadores”, explicou.

Geovana Benedet Zanette (PSDB) – quatro faltas justificadas

“Dois dias foi por motivo de doença. Um dia fui para a Brasília em uma reunião sobre a Coopera e Celesc. A quarta falta porque fui em uma audiência sobre um processo do vereador Kaminski”, detalhou.

Júlio César Kaminski (PSDB) – duas faltas justificadas

“Nas duas faltas estive em Florianópolis. A primeira em uma audiência do Tribunal Regional de Santa Catarina (TRE). A segunda resolvendo sobre exames de colonoscopia para a região”, pontuou.

Salésio Lima (PSD) – Nenhuma falta nas Sessões

“É meu trabalho representar o povo”, afirmou.

Antônio Manoel (MDB) não esteve em cinco Sessões e afirmou por meio de assessoria parlamentar que todas as faltas foram por motivo de doença. 

103 projetos 

Confira os 103 projetos aprovados em 2018:

Autor: Geovana Benedet Zanette

Ementa: Dá nova redação ao “caput” do artigo 121, da Lei Orgânica Municipal.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Modifica e inclui dispositivos contidos na Lei Complementar nº 012, de 20 de dezembro de 1999.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o inciso I do art. 1º da Lei Complementar nº 217, de 17 de abril de 2017, e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o caput do art. 13 e parágrafo único do art. 24 da Lei Complementar nº 233, de 16 de outubro de 2017.

Autor: Salésio Lima

Ementa: Dispõe sobre a inserção do número do projeto de lei e do nome do autor, nas leis do município de Criciúma.

Autor: Julio Cezar Colombo

Ementa: Proíbe a produção de mudas, a distribuição e o plantio da Spathodea Campanulata" também conhecida como "Espatódea" ou "Bisnagueira" e incentiva a substituição das existentes.

Autor: Dailto Feuser

Ementa: Denomina Zeferino Trajano da Silva.

Autor: Jair Augusto Alexandre

Ementa: Denomina Rua João Pedro Eleutério.

Autor: José Paulo Ferrarezi

Ementa: Denomina Rua Volmir Gomes Machado.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Autor: Clésio Salvaro

Ementa: Altera o zoneamento das áreas que especifica e dá outras providências.

Confira mais leis aprovadas as 2018. 

Moções de Aplausos

Foram 16 Moções. Confira:

Autor: Jair Augusto Alexandre (PSC)

Ementa: Moção de Aplauso à Organização Não Governamental ONG Brasil pela Síria

Autor: Salésio Lima (PSD)

Ementa: Moção de Aplauso aos Policiais Militares Rodoviários. Soldado Giliarde da Silva Tachinski o Sargento Murialdo Romancini de Souza

Autor: Júlio César Kaminski (PSDB)

Ementa: Moção de aplauso à Sociedade Recreativa Mampituba, pela realização do 48º Torneio de Tênis Banana Bowl.

Autor: Tita Belloli (MDB)

Ementa: Moção de Aplauso ao Proerd - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, pelos vinte anos de atividades em Santa Catarina.

Autor: Julio Cezar Colombo (PSB)

Ementa: Moção de Aplauso a Acélio Casagrande.

Autor: Salésio Lima (PSC)

Ementa: Moção de Aplauso à Escola De Educação Básica Antonio Milanez Netto, pelos 32 anos de atividades.

Autor: Dailto Feuser (PSDB)

Ementa: Moção de Aplauso à Associação Bebê Shalom, pelos 13 anos de atividades

Autor: Zairo José Casagrande (PSD)

Ementa: Moção de Aplauso à Professora Inês Regina de Mello Sombrio.

Autor: José Paulo Ferrarezi (MDB)

Ementa: Moção de Aplauso ao CEDUP - Abílio Paulo, pelos 40 anos de atividades formando cidadãos em nosso Município.

Autor: Diversos Vereadores

Ementa: Moção de Aplauso Angeloni 60 anos

Autor: Juarez de Jesus dos Santos (PSD)

Ementa: Moção de Aplauso à Equipe do Atendimento Educacional Especializado, pelo conjunto de serviços prestados à coletividade.

Autor: Julio Cezar Colombo (PSB)

Ementa: Moção de Aplauso ao Rotary Club de Criciúma, pelos 70 anos de atividades em nosso Município.

Autor: Ademir José Honorato (MDB)

Ementa: Moção de Aplauso à Larm - Liga Atlética da Região Mineira, pelos 70 anos de atividades.

Autor: Antônio Manoel (MDB)

Ementa: Moção de Aplauso ao CEIM Professora Glaudinéia Ângela Citadin Furtado pelos 10 anos de atividades.

Autor: Aldinei João Potelecki (PRB)

Ementa: Moção de Aplauso à Escola João Frassetto pelos 120 anos formando cidadãos em nosso Município.

Autor: Jair Augusto Alexandre (PSC)

Ementa: Moção de Aplauso ao Pastor João Ceno Ohlweiler, como reconhecimento a sua Jubilação

Leia mais sobre: