Política

Brasil

Um 2018 de eleições para a presidência

31
DEZ
2017
| 21h00
21h00
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Os brasileiros voltam às urnas no dia 2 de outubro. Pela oitava vez desde a restauração da democracia, o povo terá a oportunidade de eleger diretamente o presidente da República. Quem sair vitorioso das urnas vai assumir um país dividido, depois do impeachment de Dilma Rousseff (PT) e do atribulado mandato de Michel Temer (PMDB).

Por razões distintas, o cenário ainda está nebuloso para os principais candidatos e partidos. O PT aposta no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deixa claro que não há plano B, embora o ex-ministro Fernando Haddad venha sendo preparado. Ocorre que os processos que Lula responde poderão impedi-lo de concorrer. 

O segundo mais cotado nas pesquisas, o deputado federal Jair Bolsonaro, está envolvido em mais uma troca de partido. Eleito no atual mandato pelo PP, rompeu com a sigla que migrou para o PSC, onde logo entrou em litígio e encontrou abrigo no PEN, que mudou seu nome para Patriota justamente para projetar Bolsonaro. Mas o deputado poderá tomar o rumo de outro partido.

No PSDB, depois de um período de incertezas e aparições de outras alternativas, como o prefeito João Dória, tudo leva a crer que o governador Geraldo Alckmin será confirmado na disputa. O PSB não tem um nome hoje destacado, mas aguarda pela resposta do ex-ministro Joaquim Barbosa, que foi convidado a se filiar à legenda e concorrer. O presidente Michel Temer vem sendo incentivado por alguns grupos aliados a buscar a reeleição, o que é pouco provável. O núcleo governista poderia ser representado pelo ministro Henrique Meirelles (PSD) ou pelo deputado federal Rodrigo Maia (DEM).

Os possíveis e especulados candidatos:

PT – Lula da Silva
Patriota – Jair Bolsonaro
PSDB – Geraldo Alckmin
PDT – Ciro Gomes
Rede – Marina Silva
Podemos – Álvaro Dias
Novo – João Amoêdo
PCdoB – Manuela d´Avila
PRTB – Levy Fidelix
PSDC – José Maria Eymael
PSC – Paulo Rabello de Castro
PPL – João Vicente Goulart
PSOL – Guilherme Boulos
PPS – Cristovam Buarque
PSD – Henrique Meirelles

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Doar esmola prejudica quem a recebe'É a primeira vez que assumo uma fria dessa', brinca Celito CardosoVÍDEO: Baixa Terapia comemora sucesso de vendas e anuncia sessão extraEmoção marca evento da Casa GuidoEstudantes do IFSC Criciúma se preparam para competição no CanadáEleições para a Câmara Mirim iniciam a todo vapor