InternetData CenterAssinante

Morre o precursor da televisão de Criciúma Antônio Luiz

Um dos maiores comunicadores do Sul do Estado iniciou sua trajetória em 1954 no rádio
Morre o precursor da televisão de Criciúma Antônio Luiz
Foto: Reprodução PortalSatc.com
Por Douglas Saviato Em 11/12/2014 às 08:29

A comunicação de Criciúma amanheceu triste nesta quinta-feira, dia 11. Morreu aos 83 anos por volta das 2 horas desta madrugada no Hospital Unimed Criciúma, Antônio Sebastião dos Santos, conhecido por Antônio Luiz, um dos precursores da comunicação criciumense. Vítima de um câncer descoberto há menos de três meses, Antônio foi um dos maiores radialistas do século passado em Criciúma e foi personagem fundamental para a implantação da primeira emissora de TV na década de 70 no município.

No Morro Cechinel, a extinta TV Eldorado foi implantada pelo comunicador, que, posteriormente, foi adquirida pela RBSTV. Ele também esteve à frente dos microfones da Rádio Eldorado, quando começou sua trajetória radiofônica em 1954. Visionário, na década de 70, Antônio teve a percepção de que a continuidade do rádio seria a TV.

“Eu comecei a trabalhar na instalação de uma emissora de televisão em Criciúma. Primeiramente, mandei uma carta ao Ministério das Comunicações para saber se havia alguma possibilidade de instalar uma TV na cidade. Eles responderam que não havia”, comentou o profissional em um perfil produzido pelos acadêmicos de Jornalismo da Faculdade Satc.

Depois de uma série de tratativas e da importação de equipamentos dos Estados Unidos no dia 10 de outubro de 1979 foi jogado no ar a primeira imagem colorida da TV Eldorado. “Naquela época como era novidade uma televisão na cidade, nos chegávamos no supermercado, por exemplo, e as pessoas começavam a comentar, a pedir autógrafos”, lembra Antônio.

Velório – Antônio Luiz será velado durante esta quinta-feira no Cemitério Municipal de Criciúma, no bairro São Luiz. O sepultamento está marcado para as 17h30min. O comunicador deixa dois filhos, quatro netos e uma bisneta.

Confira abaixo, o perfil completo produzido pelos acadêmicos de jornalismo: