InternetData CenterAssinante

O Mercosul em Criciúma

O Mercosul em Criciúma
Por Willi Backes Em 05/08/2021 às 16:21

De 12 a 16 de Junho de 1.996, a cidade de Criciúma foi sede do maior evento voltado para a indústria cerâmica, já realizado no sul do Brasil. O evento denominado 1ª FIEPAC – Feira Internacional de Equipamentos, Produtos e Arte Cerâmica, mais, o 1º Congresso Cerâmico do Mercosul e 40º Congresso Brasileiro de Cerâmica, reuniu em Criciúma e região, dezenas de Universidades Brasileiras de todas as regiões e do Mercosul que naqueles tempos iniciava tratativas conjuntas e era formado pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, e mais, técnicos, empresários e diretores de empresas de todo o Brasil e exterior.

Para alojamento e mobilidade dos participantes, foram contratados os serviços profissionais de 30 ônibus turísticos para transportar participantes que ocuparam toda capacidade hoteleira de Criciúma e de Tubarão à Sombrio.

A estrutura física do 1ª FIEPAC utilizou o Ginásio de Esportes Prof. Valmir Orsi e imenso pavilhão metálica que ligava o ginásio até o teatro para áreas de exposições de produtos cerâmicos e tecnologias para a produção, e, áreas de confraternização. Mais, o Teatro Municipal Elias Angeloni com uso do auditório para 900 participantes e 4 salas no hall de entrada para realização de apresentações e debates técnicos. Os eventos festivos e de congraçamento foram realizados na Sociedade Recreativa Mampituba.

A Coordenação e Realização dos eventos foram de responsabilidade do Dr. Arlindo Voltolini, diretor da ICON Industrial Conventos, Nilton Gomes Paz Presidente do SINDICERAM, Ademir Lemos Presidente da ANFACER e, da NOSSACASA Assessoria Mercadológica, representada por Willi Backes e Luiz Carlos Verdieri.

A 1ª FIEPAC recebeu os importantes e fundamentais apoios institucionais e promocionais de Ademir Lemos, Presidente da ANFACER – Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos (louças sanitárias e congêneres), Nilton Gomes Paz Presidente do SINDICERAM – Sindicato das Indústrias Cerâmicas do Sul Catarinense, Prefeito de Criciúma Eduardo Pinho Moreira e Vice Anderlei Antonelli, Presidente da FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina Osvaldo Moreira Douat, Presidente da ACIC – Associação Empresarial de Criciúma Guido José Burigo, Governador do Estado de Santa Catarina Paulo Afonso Vieira e Vice José Augusto Hulse.

AS POTENCIALIDADES CONHECIDAS.

Em se tratando do sul catarinense, tendo a cidade de Criciúma como polo econômico e cultural, são evidentes as potencialidades produtivos que podem fazer uso de ação coletiva para promover comercialmente e institucionalmente seus negócios.

A construção, mobiliário e decoração através da Feira CasaPronta – 06 a 10 de outubro de 2021 – alcança a 18ª edição. Da mesma forma, o agronegócio e agricultura familiar através da Feira AgroPonte – 03 a 07 de Novembro de 2021 – alcança a sua 10ª edição. Os dois tradicionais eventos estão em pleno crescimento e inseridos nas grandes e importantes promoções no Estado de Santa Catarina.

As potencialidades não se encerram nos dois citados eventos. É perceptível que setores como o Transporte & Logística – Cerâmica, Tecnologias & Equipamentos - Varejo Supermercadista & Alimentos – Metalomecânica -  Confecções, Vestuário & Calçados – Gastronomia & Cultura – Medicina & Farmacêutica e outros mais, apresentam sobejamente potencialidades para em ação coletiva, elevar a produção e comercialização de produtos e serviços.

Criciúma possui um bom pavilhão para feiras e exposições. Entretanto, urge pensar para planejar a edificação de um “Centro de Eventos” que além de área coberta necessária, ofereça demais infraestruturas de apoio e gestão, bem como, acessos, segurança e qualidade em áreas de estacionamento.