InternetData CenterAssinante

Procuradora aperta o cerco sobre hospitais de campanha e insumos sumidos

Vai ser uma festa nos gabinetes: explicar sobre hospitais de campanha e dinheiro da Covid
Por Aderbal Machado Em 16/03/2021 às 15:15

O deputado estadual Bruno Souza (Novo), quer saber como se resolverá o caso dos respiradores de SC, com ninguém punido, até agora e nem esclarecido como se esperava fosse. Sem respiradores e sem dinheiro ficamos, dentro das anomalias ocorridas, apuradas em CPI da Assembleia e nada. Nadica de nada.

E continua a discussão sobre nova etapa da pandemia - lockdowns, fechamento de comércio, proibição de atividades autônomas. Enfim, rasteira mortal na economia. Sem comprovação nenhuma de resultado, coisa que, aliás, está comprovada desde há um ano. A Itália, por exemplo, vai pra terceira crise de infecção, só pra citar um exemplo. Na Alemanha deu tudo tão errado que a consequência política já veio: o partido de Angela Merckel tomou uma surra nas urnas; quase desapareceu do mapa.

Agora uma boa nova, segundo publicou a deputada Bia Kicis em seu perfil do Twitter:

"A Procuradora da República,Lindôra Araujo, oficiou aos 27 governadores de Estado e do DF c/indagações sobre hospitais de campanha que tenham sido construídos,entrado ou não em funcionamento,sido desativados e qual a destinação de seus insumos e equipamentos. Prazo Resposta 19/3".

E manda o documento oficial:

Pelo jeito, tá chegando a hora da onça beber água e parar a hipocrisia dos governadores e prefeitos que só jogam a bola pra frente pra se livrar dela e sair de bonzinhos. Barba de molho.