InternetData CenterAssinante

Vai ser difícil ou muito demorado fazer renovação política no Brasil

A fase ainda é do quem tá dentro não quer sair e quem tá fora quer entrar
Por Aderbal Machado Em 06/08/2020 às 09:29

Fiz uma live, via Instagram, falando de renovação política. Velha e nova política se misturando.

O momento é propício para falar do assunto. Quando vemos o presidente Bolsonaro rompendo suas filosofias e negociando com o Congresso. Quando vemos o governador Moisés, para livrar-se do fantasma do impeachment, beijando a mão de velhos líderes políticos e do presidente da República.

Neste quadro, vemos como é complicado falar e praticar renovação política no Brasil. As estruturas estão carcomidas. A velha política está enquistada até a medula. Desarmar isto é um processo de longuíssimo prazo e precisa ser estrutural e ser avassalador, seja lá o que isso signifique ou como se possa fazer. Por enquanto tá complicado.

Os renovadores de fato são poucos. E renovação não é aquela visualmente imaginada: pele lisa, idade florescente, jeitinho novo de ver coisas velhas. Não. É de métodos. De ideias. De comportamento. De atitudes. De visão. Sem a forma predatória da terra arrasada, mas conciliando o que é bom e eliminando o que é ruim. Sem passar o trator.

Ainda estamos na fase do "quem tá dentro não quer sair e quem tá fora quer entrar".

Ouçam a live. Tá tudo lá.