InternetData CenterAssinante

'Jornalista serve ao coletivo e ataques devem ser repudiados por todos', diz presidente da ACI

Campanha de valorização profissional começa a ser veiculada a partir desta quinta-feira
'Jornalista serve ao coletivo e ataques devem ser repudiados por todos', diz presidente da ACI
Por Redação Engeplus Em 08/04/2021 às 11:07

“Cada segundo sem notícia é um segundo escondido da verdade”. Este é o mote da campanha de valorização do jornalismo e do jornalista apresentada na última quarta-feira pela Associação Catarinense de Imprensa. Com roteiro e direção criativa da OneWG e produção da Latina Filmes, a campanha simula 24 horas na vida de um repórter em busca da notícia.

A solenidade de apresentação da campanha, realizada de forma remota, em parceria com a Fábula Transmídia, foi também a apresentação oficial da Diretoria e Conselhos eleitos em novembro de 2020, com a jornalista Déborah Almada como presidente. Durante a cerimônia, a jornalista lembrou o trabalho realizado nas gestões anteriores e fez uma forte defesa do profissional que está na linha de frente da notícia.

“O jornalista serve ao coletivo. Um ataque a este profissional, portanto, configura um desrespeito a toda a sociedade e deve ser repudiado”, comentou. A presidente também citou levantamento da ABERT, que indicou o aumento no número de casos de agressão aos profissionais. “Foram 7.945 ataques virtuais por dia aos jornalistas e quase três milhões de mensagens em redes sociais atacando profissionais da imprensa. Números que causam vergonha e indignação”, disse.

A campanha começou a ser veiculada nesta quinta-feira em todos os veículos do Estado (emissoras de rádio e tv, tvs, jornais e portais de internet), com apoio do trade de comunicação -  ACAERT, ADJORI e ADI. Confira o vídeo: