Memória

Tigre

Em 2003 eram os gremistas que enchiam o Majestoso

21
OUT
2017
| 09h10
09h10
Denis Luciano
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Reprodução / SporTV

O Grêmio lutava contra o rebaixamento. O Criciúma fazia campanha interessante na Série A, intermediária, e se candidatava a uma vaga na Copa Sul Americana. Foi neste cenário que os dois times se enfrentaram no estádio Heriberto Hülse às 16h de 30 de novembro de 2003.

O interesse na partida era bem maior de parte dos gremistas que vieram em peso de Porto Alegre. A torcida do tricolor gaúcho ocupou todo o espaço desde o ponto normal das torcidas visitantes, abaixo do placar, até diante das atuais cabines de imprensa que na época, há 14 anos, estavam instaladas no setor oposto, nos atuais camarotes do setor de cadeiras.

Quase uma década e meia depois, é o Internacional quem repete esta ocupação ao Majestoso. Alvo de polêmica durante a semana, a cedência de 4 mil ingressos para os colorados visando o confronto deste sábado pela Série B já ocorreu portanto no Majestoso, na época do presidente Moacir Fernandes, nesta partida frente ao Grêmio.

Mas na época também houve polêmica em Criciúma. Até denunciaram o presidente Moacir de “não estar tão estimulado para o jogo”, já que, em entrevistas à época, comentava que a Sul Americana não era uma competição interessante para o Tigre que vivia dificuldades financeiras. Dentro de campo, o Grêmio fez valer sua necessidade e ganhou por 2 a 0 com gols de George Lucas e Christian. Gilson Kleina era o técnico do Criciúma e Adilson Batista comandava o Grêmio.

O time gaúcho conseguiu o objetivo de permanecer na Primeira Divisão, chegou a 50 pontos ficando em vigésimo lugar entre 24 times, e Fortaleza e Bahia acabaram rebaixados. O Criciúma fechou aquele Brasileirão em 14o lugar com 60 pontos, duas posições e cinco pontos atrás do Figueirense, o último dos classificados naquela ocasião à Sul Americana.

Uma casa vermelha

Se o Majestoso teve muito azul naquele jogo de 2003, agora, em 2017, é a vez do vermelho. O Internacional vem líder da Série B neste sábado, muito próximo de confirmar o retorno à elite e buscando pontos para encaminhar a conquista do título. Está com 58 pontos enquanto o Criciúma, com 42, vem de derrota em casa para o Vila Nova.

A diferença na motivação das torcidas está acusada pelas bilheterias. Até o momento foram vendidos mais de 3 mil ingressos antecipados, dos 4 mil disponíveis, para os colorados, enquanto para o Tigre foram pouco mais de 500

A diretoria estima um público de dez mil torcedores neste Criciúma x Inter. Naquele Criciúma x Grêmio foram 9.524 torcedores no HH.

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Doar esmola prejudica quem a recebe'É a primeira vez que assumo uma fria dessa', brinca Celito CardosoVÍDEO: Baixa Terapia comemora sucesso de vendas e anuncia sessão extraEmoção marca evento da Casa GuidoEstudantes do IFSC Criciúma se preparam para competição no CanadáEleições para a Câmara Mirim iniciam a todo vapor