InternetData CenterAssinante

Acusado de partipar de roubo de celular avaliado em R$ 8 mil é condenado pela Justiça

Já preso preventivamente, ele terá que cumprir pena de 18 anos de reclusão
Acusado de partipar de roubo de celular avaliado em R$ 8 mil é condenado pela Justiça
Foto: Divulgação
Por Lucas Renan Domingos Em 25/10/2021 às 18:53

Foi condenado a 18 anos de prisão em regime inicialmente fechado um homem de 45 anos acusado de participar de um assalto em 20 junho de 2020, em Criciúma. Na ocasião, no bairro Lote Seis, quatro criminosos simularam a negociação de um celular avaliado em R$ 8 mil e roubaram o aparelho da vítima.

O acusado, com a ajuda de mais três suspeitos, passaram a semana negociando o smartphone com o proprietário e pediram que a vítima levasse o aparelho até o endereço do suposto comprador. O homem, acompanhado da esposa e do filho, foi até a casa indicada e foi recebido por uma mulher, sendo levado até o interior da residência, onde havia mais dois ou três homens mascarados e com luvas que começaram tentaram lhe amarrar e começaram lhe agredir. Ele pediu socorro para a esposa e os criminosos fugiram com o celular em um veículo. 

As investigações da Divisão de Repressão a Roubos da Divisão de Investigação Criminal de Criciúma (DRR/DIC), coordenadas pelo delegado Yuri Miqueluzzi, identificaram e prenderam preventivamente um dos suspeitos. 

Já recolhido no sistema prisional, o acusado foi condenado a cumprir a pena por roubo majorado. Ele não poderá recorrer em liberdade. O Ministério Público atuou na acusação pela 10ª Promotoria de Justiça de Criciúma.  A sentença foi proferida pela 2ª Vara Criminal de Criciúma.