InternetData CenterAssinante

Familiares de homem morto por motorista de empresa embriagado serão indenizados

Acidente aconteceu em novembro de 1990
Familiares de homem morto por motorista de empresa embriagado serão indenizados
Foto: Reprodução
Por Redação Engeplus Em 15/08/2019 às 16:02

Uma empresa foi condenada a indenizar a família de um homem que foi morto em acidente de trânsito que envolveu veículo de sua frota e cujo motorista se encontrava em visível estado de embriaguez. A decisão é da juíza Elaine Cristina de Souza Freitas, da 1ª Vara Cível da comarca de Laguna.

O fato aconteceu em novembro de 1990, mas a família só ajuizou a ação em 2010. O homem trafegava de bicicleta pela Estrada Geral do Farol de Santa Marta quando foi atropelado por um caminhão-baú de propriedade da companhia. O motorista do caminhão estava embriagado e perdeu o controle do veículo quando atingiu a vítima, que estava no sentido contrário, e causou ferimentos que a levaram a óbito. "O dano moral perquirido é presumido, tendo em vista que o acidente acarretou a morte do esposo/ pai dos requerentes, sendo evidente a existência de abalo psíquico que atingiu diretamente o núcleo familiar", pontuou a magistrada em sua decisão.

​Os sete requerentes, esposa e seis filhos da vítima, serão indenizados em R$ 70 mil - R$ 10 mil para cada um - pelos danos morais sofridos. Cabe recurso da decisão ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (Autos n. 0004919-20.2010.8.24.0040).​

Colaboração: Fernanda de Maman / Comarca de Criciúma - TJSC