InternetData CenterAssinante

Secretaria de Saúde está trabalhando para abrir leitos de UTI no Centro de Retaguarda

Espaço localizado no Distrito do Rio Maina abriu no dia 4 de dezembro de 2020
Secretaria de Saúde está trabalhando para abrir leitos de UTI no Centro de Retaguarda
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo / Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 26/02/2021 às 09:02

A Secretaria de Saúde de Criciúma está trabalhando para elaborar um plano de referência para conseguir abrir novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Centro de Retaguarda no Distrito do Rio Maina. Atualmente, o Hospital São José (HSJ) está com 35 leitos de UTI para tratamento de pacientes com Covid-19 e todos estão ocupados. 

“Ficamos até tarde nessa quinta-feira para elaborarmos um plano de referência. Colocamos o Centro de Retaguarda à disposição do Estado para abrirmos mais leitos de UTI. Neste primeiro momento, seriam 10 leitos e depois mais 10, totalizando 20”, destacou o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, em entrevista ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado. 

Conforme o secretário, a situação é grave em toda Santa Catarina. “Vínhamos alertando há alguns dias que os aumentos nos atendimentos estavam acontecendo e teríamos problemas”, comentou. O decreto do governo de Santa Catarina ainda não foi publicado, mas o secretário lembrou que o lockdown será para restringir a circulação de pessoas. “Apenas os serviços essenciais como supermercados, farmácias e hospitais ficarão abertos e as outras atividades serão suspensas e fiscalizadas pelos órgãos responsáveis”, alertou.  

O secretário ainda comentou que nesta sexta-feira, dia 26, às 10 horas, os 12 prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) terão uma reunião e novas medidas serão tomadas. 

Leia mais 

Governo do Estado decreta fechamento de atividades não essenciais durante fim de semana

Covid-19: Criciúma tem 100% de ocupação de leitos de UTI, afirma Salvaro

Serviços públicos estaduais não essenciais voltam a ter atendimento remoto

Criciúma: transporte coletivo funcionará com 50% da capacidade e terá restrições no fim de semana

Hospital São Donato continua com 100% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados