InternetData CenterAssinante

Saúde de Maracajá realiza agendamento de idosos de 85 a 89 anos

Maracajá recebeu 50 doses para serem aplicadas neste grupo
Saúde de Maracajá realiza agendamento de idosos de 85 a 89 anos
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 27/02/2021 às 14:55

O Departamento de Saúde de Maracajá anunciou nessa sexta-feira, dia 26, que idosos com idades entre 85 e 89 anos serão incluídos nos grupos que podem ser imunizados pela vacina contra a Covid-19. Para que a vacinação ocorra de forma organizada, sem aglomerações e filas, o departamento está realizando o agendamento. As pessoas que se encaixam no grupo ou responsáveis pelos idosos, devem agendar a vacina na segunda-feira, pelo telefone: (48) 98817-0740.

O Governo do Estado recebeu na quarta-feira, dia 24, mais um lote de vacinas contra o novo coronavírus. A remessa de 59,5 mil doses da Oxford-AstraZeneca foi distribuída às 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde de Santa Catarina.

Segundo a diretora de Saúde, Michele Constantino Gonçalves, Maracajá recebeu 50 doses para serem aplicadas nos idosos de 85 a 89 anos. "Se sobrarem doses deste lote, serão distribuídas para idosos de 80 a 84 anos", disse.

Vacinação

A aplicação no grupo de 85 a 89 anos acontece na segunda-feira, dia 1º, e na quarta-feira, dia 3, após às 17 horas, no Cemasas. "Nós colocamos o atendimento no final da tarde após o atendimento normal do Cemasas, evitando assim a aglomeração. Para aqueles com dificuldades de locomoção, a aplicação será em sistema de drive-thru, onde a pessoa é vacinada dentro do carro. Para os acamados cadastrados no Programa Estratégia Saúde da Família (ESF), um profissional irá até a residência", detalha a diretora de Saúde.

Os secretários e diretores de Saúde da região da Amesc, realizaram uma reunião virtual para debater alguns assuntos relacionados à Covid-19. Seguindo a Nota Técnica da Secretaria de Estado da Saúde - emitida no início da pandemia - os profissionais de Saúde, resolveram suspender por 15 dias os atendimentos odontológicos.

Conforme a Nota Técnica: "Considerando o cenário atual da pandemia do novo coronavírus e que o manejo do paciente, durante os procedimentos odontológicos, acontece a uma distância muito curta entre paciente e profissional, apresentando um alto risco para a disseminação da Covid-19, pela alta carga viral presente nas vias aéreas superiores e pela grande possibilidade de exposição aos materiais biológicos, proporcionado pela geração de aerossóis durante os procedimentos, o Núcleo de Saúde Bucal/DAPS/SPS/SES recomenda a suspensão dos atendimentos, sendo prioridade apenas casos de emergência.

Prevenção

Mesmo com a chegada da vacina contra a Covid-19, é importante que todos mantenham as medidas de prevenção contra o vírus, mesmo aqueles que já foram vacinados. "Nossa região está na matriz de risco gravíssima, com isso a prevenção continua sendo o melhor 'remédio'. É importante o uso da máscara, higienização das mãos com sabão e álcool, e que evitem lugares fechados e mantenham o distanciamento social", enfatiza a diretora de Saúde.

Leia mais sobre: