InternetData CenterAssinante

Salvaro pede que Moisés solicite para a Febraban ampliação do horário de funcionamento dos bancos

Prefeito de Criciúma também é contrário ao fechamento das atividades aos fins de semana
Salvaro pede que Moisés solicite para a Febraban ampliação do horário de funcionamento dos bancos
Foto: Divulgação
Por Lucas Renan Domingos Em 10/03/2021 às 15:39

Na reunião entre prefeitos e o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, realizada na manhã desta quarta-feira, dia 10, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, demonstrou mais uma vez ser contrário a paralisação das atividades econômicas no Estado. Ele também pediu para que Moisés solicite para a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) a ampliação do horário de atendimento nos bancos.

“O nosso entendimento é de não reduzir horários, mas sim estender. Os bancos, por exemplo, é uma vergonha. Eles precisam abrir mais cedo e fechar mais tarde. É muito mais fácil cobrar do cidadão que mal pode pagar suas contas. Na frente dos bancos nós vemos muitas e muitas aglomerações”, destacou o prefeito.

Nas próximas horas, o Governo de Santa Catarina publicará um decreto onde proíbe a comercialização de bebidas alcoólicas a partir das 21 horas e também mantém, aos fins de semana, apenas o funcionamento de atividades essenciais. Para Salvaro, o fechamento entre sexta-feira e segunda-feira também precisa ser revista.

“Peço para que o governador reconsidere este decreto com as paralisações para o fim de semana. Pedimos para que as igrejas, de qualquer denominação, possam abrir. Ali é onde os padres e pastores levam uma palavra aos seus fieis, ali é um local seguro. As lojas, o local de trabalho é seguro para quem trabalha e para o cliente também”, disse.

“Parar não dá. Não está trazendo o efeito que esperamos. E os prefeitos não estão aqui parados contanos mortes. Estamos agindo contra isso. Não funciona. Nós somamos com o Governo do Estado, mas pensamos que ao invés de reduzir horários, precisamos ampliar”, finalizou Salvaro.