InternetData CenterAssinante

Salvaro afirma que Estação Rodoviária continua no mesmo local e comemora desenvolvimento do Centro

Prefeito de Criciúma destaca a importância de novas empresas na área central
Salvaro afirma que Estação Rodoviária continua no mesmo local e comemora desenvolvimento do Centro
Foto: Thiago Hockmüller/Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 04/10/2021 às 10:16

Os moradores de Criciúma que passam pela Avenida Centenário têm percebido que diversas obras estão sendo realizadas ao longo da via e na área central do município. Diversos empreendimentos estão sendo construídos no Centro da cidade e o prefeito Clésio Salvaro falou sobre essas obras. 

"Temos que agradecer a equipe do IPAT (Instituto de Pesquisas Ambientais Tecnológicas), da Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense) e da própria Prefeitura de Criciúma que realizaram estudos e mudaram o amplo diagnóstico do Rio Criciúma, demonstrando que perdeu a função ecológica, mas que com as obras do canal auxiliar que construímos tem uma vazão três vezes maior do que o rio natural. Além disso, os estudos mostraram que manter uma área de preservação de cinco metros de cada lado era suficiente e esses cinco metros acabaram viabilizando a construção de empreendimentos ao longo do rio como as obras próximas da Estação Rodoviária", explicou. 

Ainda segundo o prefeito, diversas obras estão sendo realizadas próximas ao Rio Criciúma graças ao canal auxiliar. "Alguns terrenos eram mortos, abandonados. Hoje, trarão economia e desenvolvimento para a nossa cidade por meio de empreendimentos como as obras que estão sendo realizadas na frente da Estação Rodoviária", comentou. 

Ao ser questionado sobre a mudança de endereço da Estação Rodoviária, Salvaro foi enfático. "Nós já pensamos em mudar a rodoviária de endereço, mas ela traz muito movimento e desenvolvimento para a região central. Se tirássemos do atual endereço, estaríamos prejudicando o comércio da cidade. Nossa ideia é fortalecer o comércio de Criciúma. Por enquanto, é melhor deixar a rodoviária no atual endereço", finalizou.

Leia mais sobre: