InternetData CenterAssinante

Projeto Recuperar retoma os trabalhos de manutenção nas rodovias estaduais

Atividades de limpeza de canaletas iniciaram entre Criciúma e Nova Veneza
Projeto Recuperar retoma os trabalhos de manutenção nas rodovias estaduais
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 08/01/2021 às 13:32

O Projeto Recuperar, convênio firmado entre a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) e o Governo do Estado de Santa Catarina, que prevê os serviços de manutenção nas rodovias estaduais da região, retomou os trabalhos em 2021. Ae equipes iniciaram as atividades de roçada e limpeza de canaleta no trecho de Criciúma, região do Rio Maina, passando no distrito de Caravaggio, até Nova Veneza. Nesse momento a equipe da empresa Solimar Espindula, empresa terceirizada contratada para realiza o serviço, faz o trecho da rodovia Genesio Mazon (SC-445), que liga Urussanga até a BR-101, via Estação Cocal. Os trabalhos ainda devem acontecer na semana que vem no trecho.

Pela previsão, a próxima rodovia a receber os serviços será a SC-108, de Criciúma, via Cocal do Sul, passando por Urussanga até Orleans. Depois os trabalhos vão de Orleans até Lauro Muller, até a subida da Serra do Rio do Rastro, e depois descendo a SC-446 até por Treviso até Siderópolis.

Tapa-buracos será retomado na próxima semana

A empresa Setep, responsável pelo serviço de tapa-buracos está com os funcionários em período de férias coletivas e deve retomar os trabalhos na próxima semana. O primeiro trecho que deve receber os serviços será avenida Gabriel Arns, que vai da Rodovia Jorge Lacerda, no bairro Sangão, em Criciúma, até o Centro de Forquilhinha, onde os trabalhos até foram iniciados, mas em seguida foram paralisados devido ao período natalino.

Depois os trabalhos seguem pela rodovia que liga Forquilhinha a Meleiro. Pela previsão do engenheiro Mauricio Sonego, que faz a fiscalização pelo CIM-Amrec, e sequência prevê os trechos de Siderópolis até Treviso, e depois pela SC-108, de Criciúma até Orleans.

Projeto Recuperar

O projeto Recuperar é executado por meio do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIM-Amrec) em convênio assinado com o Governo do Estado de Santa Catarina, no final de 2019.