InternetData CenterAssinante

Prefeitura de Criciúma altera data do desfile cívico-militar do dia 7 de setembro

Por conta de aumento de casos de Covid-19, evento foi reagendado para 15 de novembro
Prefeitura de Criciúma altera data do desfile cívico-militar do dia 7 de setembro
Foto: Rafaela Custódio/Arquivo/Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 27/08/2021 às 17:39

A Secretaria de Educação de Criciúma comunicou na tarde desta sexta-feira, dia 27, o adiamento do desfile cívico-militar, que aconteceria no feriado do Dia da Independência, no dia 7 de setembro. O evento foi transferido para o dia 15 de novembro, mantendo o mesmo formato e local. 

Conforme a nota divulgada pela Prefeitura de Criciúma, a motivação do adiamento do desfile foi o aumento progressivo de casos de Covid-19 diagnosticado pela Secretaria de Saúde, além de ser um ato de respeito ao grande número de casos de outros municípios catarinenses. 

"O Governo de Criciúma reafirma sua responsabilidade e compromisso com a vida da população, e enfatiza que a nova data foi definida com base na continuidade da vacinação, alcançando crianças e adolescentes e terceira dose para idosos, além de grande parte da população com duas doses aplicadas", diz a nota publicada pela prefeitura, que pode ser lida na íntegra abaixo:

Desfile Cívico-Militar transferido

O Governo de Criciúma, por meio da Secretaria de Educação, informa que o Desfile Cívico-Militar, que aconteceria dia de 7 de setembro, será transferido para o dia 15 de novembro, mantendo, em princípio, os mesmos moldes e no mesmo local.

O adiamento foi definido após análise técnica da Secretaria Municipal de Saúde, que apontou novo aumento progressivo dos casos de Covid-19 em Criciúma na última semana, e também em respeito ao grande número de casos em outros municípios catarinenses.

O Governo de Criciúma reafirma sua responsabilidade e compromisso com a vida da população, e enfatiza que a nova data foi definida com base na continuidade da vacinação, alcançando crianças e adolescentes e terceira dose para idosos, além de grande parte da população com duas doses aplicadas.

Secretaria Municipal de Educação
Governo de Criciúma