InternetData CenterAssinante

Novo presidente da FME, Neto Uggioni quer dar continuidade ao trabalho da última gestão

Ele era administrador do Parque dos Imigrantes no distrito do Rio Maina
Novo presidente da FME, Neto Uggioni quer dar continuidade ao trabalho da última gestão
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 07/01/2021 às 08:26

A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma começou a ser comandada por Neto Uggioni, de 37 anos. Ele assumiu a presidência no último dia 4 e já iniciou o planejamento com a equipe para os próximos quatro anos. Antes de assumir o esporte criciumense, o gestor atuou como administrador do Parque dos Imigrantes, no distrito do Rio Maina.

Em entrevista ao Portal Engeplus, Uggioni destacou que quer dar continuidade ao trabalho realizado por Nícola Martins, que deixou a presidência da FME em março para se candidatar a vereador em Criciúma, e Marco Antonio Cimolin, que esteve à frente da pasta até dezembro. “Quero dar continuidade ao trabalho da última gestão. Em time que está ganhando não se mexe”, afirmou. 

O presidente da FME ainda comentou que buscará aproximar a FME das instituições de ensino do município. “Temos muitas modalidades que são destaque em Santa Catarina e precisamos nos aproximar ainda mais da sociedade para trazermos mais atletas para a Fundação Municipal”, observou. “Sou o novo presidente da FME, porém quero estar ao lado da sociedade e estarei disposto a escutar sugestões e críticas construtivas. O time da Fundação Municipal de Esportes trouxe muitos resultados positivos nos últimos anos e não podemos esquecer isso”, ressaltou Uggioni. 

A FME é responsável também pela gestão do Parque dos Imigrantes, no Rio Maina, do Parque das Nações Cincinato Naspolini, no bairro Próspera, Parque Prefeito Altair Guidi, na localidade de Santa Bárbara, e academias ao ar livre nos bairros. “Os parques estão precisando de uma parceria mais acirrada com a FME. Precisamos realizar mais projetos que contemplem os parques e, para isso, necessitamos unir os administradores para montarmos uma base e criarmos os projetos”, declarou Uggioni. 

Uggioni estará se reunindo nos próximos dias com a equipe da FME para analisar o auxílio-atleta. “Vou estudar sobre o tema, mas é prioridade em nossa gestão. Vamos nos reunir e discutir o assunto”, finalizou.