InternetData CenterAssinante

Melhorias de rodovias entre Serra e Litoral vão impulsionar desenvolvimento regional de SC

Melhorias de rodovias entre Serra e Litoral vão impulsionar desenvolvimento regional de SC
Foto: Governo do Estado de Santa Catarina
Por Redação Engeplus Em 03/09/2021 às 21:32

Trinta e cinco anos após a pavimentação da Serra do Rio do Rastro, uma nova esperança surge para as ligações entre o Sul de Santa Catarina e a Região Serrana. Três novas rotas receberão asfalto e facilitarão o deslocamento de mercadorias e turistas entre o Litoral e o Planalto Serrano. Em recente roteiro pelo Sul, o governador Carlos Moisés assinou a ordem de serviço para a pavimentação da Serra do Corvo Branco e autorizou o início da licitação para a Serra do Faxinal. Além disso, o Governo do Estado entregou à Assembleia Legislativa (Alesc) um projeto de lei para destinar R$ 15 milhões para terminar as obras na Serra da Rocinha, na BR-285.

“São investimentos que farão a diferença para o futuro do Sul e também da Serra. Tanto o Corvo Branco quanto a Serra do Faxinal possuem um potencial turístico imenso. A pavimentação possibilitará um aumento do movimento de pessoas e consequentemente trará mais movimento econômico e novos negócios. No caso da BR-285, ela ajudará no transporte de mercadorias e fará com que boa parte da produção do Rio Grande do Sul possa ser escoada pelo Porto de Imbituba”, afirma o governador.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, destaca que o volume de investimentos destinado pelo Governo do Estado para os asfaltamentos e melhorias é sem precedentes. São R$ 40 milhões para a Serra do Corvo Branco, R$ 58,9 milhões para a Serra do Faxinal, R$ 15 milhões para a finalização da Serra da Rocinha e mais R$ 20 milhões para a maior intervenção de engenharia pela qual a Serra do Rio do Rastro já passou desde a sua inauguração.

“Santa Catarina está construindo novos rumos. O Governo entende que a infraestrutura é a base para o desenvolvimento e por isso está investindo pesado na área. Inclusive, estamos colocando recursos do caixa estadual em obras federais, como é o caso da Serra da Rocinha. Para o Sul e a Serra, a pavimentação dessas estradas será um divisor de águas, que impulsionará o desenvolvimento regional”, diz Vieira.