InternetData CenterAssinante

Inova Jovem da Unesc desafia estudantes a desenvolverem ideias inovadoras

Ação foi lançada nesta sexta-feira em um evento híbrido com a presença de autoridades
Inova Jovem da Unesc desafia estudantes a desenvolverem ideias inovadoras
Foto: Milena Nandi
Por Redação Engeplus Em 19/09/2021 às 12:05

Os estudantes do Ensino Médio ou aqueles recém-formados que ainda não ingressaram no Ensino Superior foram desafiados pela Unesc a pensarem sobre soluções inovadoras para problemas reais. A ação Inova Jovem foi lançada oficialmente na última sexta-feira, em um evento híbrido com a participação de lideranças estudantis e autoridades ligadas à educação e à inovação presencialmente, no Auditório Ruy Hülse e com a participação de professores e estudantes de maneira virtual, pelo canal da Unesc TV no YouTube. 

O assessor da Agência de Inovação da Unesc (Aditt), Christian Engelmann, foi o responsável pela apresentação do Inova Jovem. Ele explica que a ação utiliza a metodologia Júnior Achievement, já validada e aprovada mundialmente. O desafio vai oferecer aos participantes, formações em temáticas fundamentais para o profissional da atualidade e o Innovation Camp, uma ação na qual eles são instigados a resolver um problema real, conduzidos por um time de especialistas. 

“O Inova Jovem é um programa de inovação e empreendedorismo que utiliza das melhores metodologias do mundo para proporcionar aos participantes caminhos que os ajudem a desenvolverem ideias criativas e sustentáveis para melhorar o mundo”, reforça.  

Todas as lives, mentorias e capacitações ocorrerão de maneira online. O evento final, com a premiação dos vencedores ocorrerá de maneira presencial. O processo O primeiro, segundo e terceiros colocados receberão troféus e bolsas de graduação. A equipe vencedora ainda levará para casa dois tablets Aple iPad 7ª geração. Os segundo colocados, cinco Alexas e o terceiro lugar, cinco fones de ouvido JBL.   

As inscrições para o desafio estão abertas até 12 de outubro e poderão ser realizadas gratuitamente pelo site www.unesc.net/portal/inova-jovem/. Nas equipes formadas pelos estudantes, podem participar professores, sendo um para cada grupo inscrito, como forma de apoio e orientação durante o desafio. As atividades ocorrem até novembro de 2021.

Importância do estímulo ao empreendedorismo e inovação ressaltados 

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Holthausen, salienta que o Inova Jovem é uma ação que traz um resultado imediato com as ideias e conquistas dos estudantes. “Isso é uma semente para o desenvolvimento de uma geração mais inovadora. Essa construção nos motiva a desenvolver cada vez mais programas que façam sentido para as universidades, para as regiões, que façam sentidos para as hélices locais, que envolvem governo, sociedade civil organizada e nosso cidadão. O nosso governador sempre nos pede que levemos as oportunidades para todas as regiões catarinenses e vocês estão construindo estas oportunidades aqui e gerado para os estudantes construírem o futuro. Mais que parabenizar, queremos agradecer à Unesc”. 

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, agradeceu pela parceria do poder público para a realização de ações com o objetivo de fomentar o empreendedorismo e a mobilização do ecossistema de inovação e salientou a importância da participação dos estudantes no Inova Jovem. “Para uma universidade como a nossa, comunitária e que nasceu da vontade da sociedade, conseguir oportunizar para todos os jovens o contato com as metodologias e processos de inovação é de extrema relevância. Os resultados deste incentivo serão vistos em toda a região”.

A gerente regional de Educação, Ronisi Guimarães, agradeceu à Unesc pelo desafio e incentivo aos estudantes e professores. “O Inova Jovem é a digital da Unesc, uma universidade que honra o seu trabalho educacional há 53 anos, mas nunca deixa de inovar e se reinventar. Queremos que nosso jovem tenha as competências e habilidades e saia do Ensino Médio com ferramentas para fazer boas escolhas não só no mundo do trabalho, mas como cidadão. O que nosso jovem precisa é oportunidade e conhecimento”, salienta.  

Segundo o secretário de Educação de Criciúma, Miri Dagostim, o Inova Jovem é um estímulo importante para os estudantes. “Estamos incluindo o empreendedorismo no cotidiano das escolas municipais, vocacionando os nossos alunos para que possam ingressar no Ensino Médio e postular a continuidade de sua formação no Ensino Superior. Sabemos bem que só a educação transforma”. 

O representante da Júnior Achievement, Evandro Badin, salientou que a organização chega a 102 anos no mundo, levando uma educação diferenciada para as escolas, sobretudo, públicas. “Nós acreditamos do poder ilimitado dos jovens e que eles não são o futuro, são o agora. A inovação está aí para todos, o que é preciso é conhecer as ferramentas”. 

Já o presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Douglas Leffa, evidencia que hoje, o processo do empreendedorismo está mais acessível à população, por meio de iniciativas como o Inova Jovem.

O evento teve ainda a presença do vereador de Criciúma, Nícola Martins e dos membros da equipe Unesc Tigers, que trouxe para a Instituição o título de universidade não estatal mais empreendedora de Santa Catarina, após a disputa do Reuni Challenge SC, Thiago Watanabe e Cassiano Morais

 

Novidades 

 

Ao longo do evento, foram anunciadas novidades para o projeto já neste ano. A Fapesc incluirá seu nome entre os apoiadores do Inova Jovem, já em 2021. Para 2022, a ação estará aberta também aos estudantes do sétimo, oitavo e ano do Ensino Fundamental. 

 

 

Premiação aos vencedores de 2020

 

O lançamento da nova edição do desafio contou ainda com a entrega da premiação para os vencedores da primeira edição do Inova Jovem. A Escola de Educação Básica Caetano Bez Batti, de Urussanga, teve o maior engajamento e recebeu nesta sexta-feira o Troféu Destaque e premiação de R$ 10 mil, convertida em equipamentos de tecnologia. O diretor da escola, Márcio Lucas da Cruz, acompanhado da equipe participante, recebeu o prêmio. 

 

A estudante do segundo ano do Ensino Médio, Isis Moraes, falou em nome da equipe e salientou que a experiência proporcionou um momento de real protagonismo, uma vez que os alunos participaram de todas as atividades. “Nosso projeto visava disponibilizar de forma acessível e online, algumas matérias que não temos na escola, como Educação Financeira. A ideia é que os jovens de hoje busquem mais conhecimento fora das disciplinas que a escola oferece. E somos muito gratos pela oportunidade que a Unesc nos deu”. 

 

Leia mais sobre: