InternetData CenterAssinante

Hemosc de Criciúma realiza coleta inédita na Amesc

Serão realizadas 65 coletas todas de tipagem 'O negativo' – doador universal
Hemosc de Criciúma realiza coleta inédita na Amesc
Foto: James Tavares/Arquivo/Secom
Por Redação Engeplus Em 12/01/2021 às 13:50

Pela primeira vez o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) de Criciúma vai realizar uma coleta externa exclusiva da tipagem ‘O negativo’. A ação inédita ocorrerá na sede da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) na tarde desta terça-feira, dia 12. Serão 65 doadores cadastrados no banco do hemocentro que farão a captação.

A responsável pelo setor de captação do hemocentro de Criciúma, Maria Regina Boteon Buttner, explica que a ação é fruto de uma parceria entre Amesc, Lions Clube e Secretaria de Saúde. A coleta ocorre na sede da Amesc, sendo que todos os doadores fazem parte do banco de dados do Hemosc e são da tipagem ‘O Negativo’, que é o doador universal. 

Regina enfatiza que todos os tipos de sangue são importantes e que cada doador é essencial. “O sangue ‘O negativo’ é conhecido como doador universal, porque pode ser transfundido em qualquer pessoa, mas apenas 9% da população tem este tipo sanguíneo. Os hemocentros têm dificuldade de manter os estoques deste tipo sanguíneo devido ser muito usado em casos de urgência e emergência”, enfatiza Regina. 

A responsável pelo setor de captação ainda complementa a importância da tipagem. “Também o sangue ‘O Negativo’ é o mais seguro para os recém nascidos, cujo o sistema imunológico ainda está pouco desenvolvido”, explica.

Leia mais sobre: