InternetData CenterAssinante

Gasto médio dos catarinenses no Dia dos Namorados foi de R$ 204,99; Criciúma teve bons resultados

Segundo a CDL criciumense, vendas e consultas ao SPC cresceram em relação a 2020
Gasto médio dos catarinenses no Dia dos Namorados foi de R$ 204,99; Criciúma teve bons resultados
Foto: Rafaela Custódio/Arquivo/Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 21/06/2021 às 16:49

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC), divulgou nesta segunda-feira, dia 21, os resultados alcançados no comércio catarinense durante o período de vendas para o Dia dos Namorados. A pesquisa revelou que, no Estado, o público gastou em média R$ 204,99. O valor é 10,55% superior ao ticket médio registrado na mesma data de 2020.

A percepção na variação do faturamento também foi positiva. O resultado foi de 11,77% a mais que o ano anterior, quando houve uma queda de 18,7%, e 11,16% superior em relação aos meses comum do ano. Ainda segundo o estudo da Fecomércio SC, o Dia dos Namorados em 2021 também fez aumentar a oferta de vagas de emprego. A quantidade de empresas que realizaram contratações para atender a demanda do período passou de 12,3% para 13,4%.

“Esses resultados reforçam o sinal de recuperação das atividades econômicas, reflexo da adaptação das atividades econômicas mesmo diante das restrições impostas para a prevenção e enfrentamento à Covid-19 e das medidas econômicas que ajudaram a amortecer os impactos negativos, tais como o auxílio emergencial e do programa de preservação e manutenção de emprego e renda”, destaca a Fecomércio SC.

Por outro lado, em números reais, o comércio ainda vem apresentando uma recuperação lenta. É que os resultados positivos de 2021 ainda foram inferiores ao período pré-pandemia, impactados pela alta da inflação.

“A retomada das atividades acontece de forma gradativa, mas ainda as incertezas são grandes e o retorno sustentável depende da ampliação da imunização. Além disso, os efeitos negativos da inflação sobre a renda dos consumidores começam a ficar mais evidente. Ao analisar o ticket médio em termos reais, o valor permanece inferior ao patamar pré-pandemia, queda de 3,06% frente a data comemorativa de 2019 e leva alta de 2,3% em relação a 2020”, completa a pesquisa

Em Criciúma, também bons números

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, Tiago Marangoni, aponta que no município, apesar da instituição seguir os dados estaduais, os resultados também foram positivos. Ele lembra que as consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) neste ano foram 7,5% superior a 2020.

“Quando se tem mais consultas ao SPC é sinal de que as pessoas compraram mais, houve um acréscimo no número de vendas, que no Estado foi de 2,8% maior”, pontua. “Analisando o atual momento, por mais que ainda há alguns setores que sofrem mais, enxergamos os resultados como positivos. Isso nos dá uma maior esperança de uma recuperação assim que chegar a vacina para todo mundo”, analisou.

Clique aqui para ver mais detalhes da pesquisa realizada pela Fecomércio SC

Dia dos Avós, um caminho para ampliar o faturamento

Em 26 de julho será comemorado o Dia dos Avós. A data, apesar de não ser tradicional no calendário comemorativo no Brasil, poderá ser uma nova oportunidade para os comerciantes ampliarem o faturamento. É o que planeja o CDL de Criciúma.

“Temos consciência que não é uma comemoração tradicional, mas a pandemia também ascendeu no consumidor o desejo de presentear seus avós. Por cuidado, as pessoas têm visto menos seus avós e quando há a oportunidade, querem entregar um presente, uma lembrança. Então é uma data que podemos trabalhar”, afirmou Marangoni.