InternetData CenterAssinante

‘Estamos trabalhando com inteligência para fiscalizar festas clandestinas’, afirma coronel Fraga

O comandante da 6ª RPM ressaltou que os militares estarão nas ruas fiscalizando
‘Estamos trabalhando com inteligência para fiscalizar festas clandestinas’, afirma coronel Fraga
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo / Portal Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 26/02/2021 às 09:27

O Governo do Estado anunciou na noite dessa quinta-feira, dia 25, a suspensão do funcionamento de serviços não essenciais das 23 horas desta sexta-feira, 26 de fevereiro, até as 6 horas de segunda-feira, 1º de março. A fiscalização será realizada pela Polícia Militar (PM) e o comandante da 6ª Região de Polícia Militar (6ª RPM), coronel Evandro Fraga, afirmou que os policiais militares estarão nas ruas para verificação de irregularidades.

“Nós já recebemos uma ordem do comando geral da Polícia Militar e nos dá uma linha de ação que devemos cumprir. A primeira ordem de fiscalização é evitar aglomerações. A guarnição deverá orientar, fiscalizar e observar as regras como uso de máscara, álcool em gel e horário de atendimento”, explicou em entrevista ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado.  

A decisão da suspensão do funcionamento de serviços não essenciais é uma medida do Executivo estadual para reforçar o enfrentamento ao coronavírus em um momento de agravamento da situação sanitária em Santa Catarina. “Ainda não saiu o decreto, mas vamos observar. Vamos realizar e priorizar as fiscalizações em locais públicos. Estamos trabalhando com inteligência para fiscalizar festas clandestinas”, afirmou.  

O comandante ainda ressaltou que a situação do coronavírus é preocupante e os policiais militares estarão nas ruas para fiscalizar e orientar a população. “Nosso foco será as festas clandestinas. Nós estamos em uma situação muito preocupante. A região Sul de Santa Catarina recebeu 44 novos policiais militares, que já estão trabalhando na fiscalização”, finalizou.