InternetData CenterAssinante

Escola Oswaldo Hülse recebe doações para família de Alexia Zuchinalli

Adolescente foi morta em casa pelo pai na última sexta; criminoso ateou fogo no local
Escola Oswaldo Hülse recebe doações para família de Alexia Zuchinalli
Foto: Divulgação/CBM
Por Thiago Hockmüller Em 19/08/2021 às 14:06

A escola municipal Oswaldo Hülse, onde estudava a adolescente Alexia Zuchinalli, de 13 anos, morta pelo pai na última sexta-feira, está recebendo doações destinadas à família. Outros cinco irmãos de Alexia sobreviveram ao atentado e passam por dificuldades, já que a casa onde viviam foi incendiada pelo criminoso.

A ação organizada no colégio tem a contribuição do casal Antônio Cordova de Oliveira e Poliana Daniela Cruz da Silva. Eles são pais da adolescente Paloma de Oliveira, 11 anos, que era colega de banda da Alexia. Além do mais, Oliveira é presidente do bairro São Francisco e participa da Associação de Pais e Professores (APP) da escola, já Poliana atua como secretária e professora na instituição educacional.

“Tudo que vem para família é bem recebido. Estamos vendo uma casa para ela alugar. Hoje a situação é precária, ela (mãe das crianças) é uma menina bem caprichosa com os filhos e hoje a situação que se encontra é precária”, explica Oliveira.

Também está em fase de organização um manifesto para arrecadação de fundos que possibilitem a reconstrução da casa, localizada na rua Everson Ramos Jesuíno, no bairro Imperatriz. Oliveira explica que será necessário reconstruir o telhado e restaurar as paredes. A família vive atualmente na casa de um familiar.

“Perderam tudo. Já ganhamos uma cama box. Minha esposa recebeu uma ligação de uma doação que vem da praia, não queremos nos aproveitar de ninguém, queremos apenas o essencial. Vamos fazer uma manifestação aqui no bairro para fazer um mutirão e levantar a casa dela”, argumenta.

Oliveira busca uma casa temporária para alugar e estabelecer a família até que o imóvel seja reformado. Enquanto isso, pessoas que desejarem realizar doação de móveis e/ou eletrodomésticos, mas que não possuem meios de transporte, podem entrar em contato com Oliveira pelo telefone (48) 99940-4255 ou na escola pelo (48) 3439-9706.

Abaixo, confira a lista de alguns itens necessários para a família:

-Roupas para os meninos (tamanhos 07, 08 e 10 );

-Sapatos para meninos (25, 27 e 30);

-Alimentos diversificados (além da cesta básica);

-Produtos de limpeza e higiene pessoal;

-Roupas de cama, toalhas de banho;

-Alguns brinquedos para meninas e meninos;

-Roupas feminina (blusa G, calça e bermudas variam do 42 ao 44);

-Sapatos femininos 35/36.

Leia mais

Incêndio atinge casa no bairro Imperatriz; uma adolescente morreu e outra pessoa ficou ferida

Adolescente que morreu foi ferida a facadas pelo pai; criminoso ateou fogo na casa e fugiu

Preso homem que matou a filha e ateou fogo em casa no bairro Imperatriz

Responsável pela morte da filha retornou ao local do crime, onde foi preso no início da manhã

Homem que matou a filha será indiciado por sete crimes e está detido no Presídio Santa Augusta

Justiça determina prisão preventiva de acusado de esfaquear e matar a própria filha em Criciúma

Aspiração de fumaça e agressão por faca são causas da morte de adolescente, aponta laudo do IGP