InternetData CenterAssinante

Em Morro da Fumaça, acolhimento e agasalhos para quem necessita devido à chegada do frio intenso

Previsão é que uma massa de ar polar chegue à região nesta semana
Em Morro da Fumaça, acolhimento e agasalhos para quem necessita devido à chegada do frio intenso
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 28/07/2021 às 12:16

A queda das temperaturas prevista para esta semana devido à chegada de  uma massa de ar polar alerta para a necessidade de cuidados especiais. Pode haver formação de geada, além de ocorrências de transtornos relacionados às baixas temperaturas.

O Departamento de Assistência Social de Morro da Fumaça se prepara para atender a população, caso seja necessário. "Estamos monitorando e orientando os moradores de rua da necessidade de nos procurar que faremos o acolhimento", fala a coordenador da Assistência Social de Morro da Fumaça, Saionara Freitas.

Caso necessário, o município utilizará o Ginásio de Esportes Jorge Silva para acolher estas pessoas. "Até o momento nenhum deles se mostrou disposto a ir para o local que indicamos. Se necessário faremos a abordagem à noite", comenta.

Quem precisar de roupas pode procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), já as cobertas são entregues na sede da Assistência Social, na Rua 20 de Maio. Quem pode contribuir, Morro da Fumaça segue com a campanha de doação de agasalhos, que podem ser levados até a Assistência Social, uma das unidades de saúde, na prefeitura ou no Ginásio de Esportes Jorge Silva.

Cuidados

A população precisa ainda ficar atenta e tomar algumas medidas. "É importante que os fumacenses tomem todas as precauções necessárias com relação ao frio intenso que se aproxima e, caso necessário, entre  em contato com os órgãos responsáveis", salienta o coordenador Municipal da Defesa Civil, Natan de Souza.

Algumas dicas para enfrentar a onda de frio:

- É importante se manter aquecido, mas deve-se evitar técnicas que possam colocar as pessoas em risco como acender churrasqueiras ou latas com combustíveis em locais fechados, uma vez que isso aumenta o risco de incêndios, queimaduras e ainda pode  causar a morte devido a inalação e envenenamento por monóxido de carbono.

- É Importante beber bastante água e manter a pele hidratada, especialmente mãos, pés, rosto e lábios.

- Além da população mais vulnerável como idosos, crianças e moradores de rua, é importante saber que os animais de estimação também precisam de cuidados especiais, assim é recomendado, por exemplo, que eles sejam abrigados durante a noite ou que utilizem “roupinhas” para amenizar o risco de hipotermia.

-  Deve-se manter os cuidados com a higiene das mãos e evitar locais fechados com muitas pessoas aglomeradas. Na hora das refeições dar preferência  por alimentos quentes como sopas e chás quentes pode ajudar a enfrentar o frio. Mas não esquecer de consumir frutas e vegetais, pois o consumo de vitaminas, sais minerais e antioxidantes contribuem para minimizar as infecções típicas do inverno.

- O aviso de frio intenso também se estende a agricultura, piscicultura e pecuária que poderão ter impactos negativos.  A recomendação para quem trabalha com pecuária é abrigar os animais durante a noite, especialmente os filhotes.

- Na piscicultura interessante elevar o nível dos açudes, mas também se deve e evitar de renovar a água dos viveiros quando a temperatura da água de abastecimento, externa, for inferior à temperatura ambiente de cultivo.

- Para as hortaliças em geral, inclusive folhosas, recomenda-se manter aspersores ligados no dia em que a geada ocorre, até o nascer do sol. Isso porque a água tem temperatura maior em relação ao ambiente, formando camada de vapor que protege as plantas do congelamento.

Leia mais sobre: