InternetData CenterAssinante

Moisés demonstra interesse de aportar recursos estaduais nas obras da Serra da Rocinha

Estado deve encaminhar Projeto de Lei para a Alesc para autorizar os investimentos
Moisés demonstra interesse de aportar recursos estaduais nas obras da Serra da Rocinha
Foto: Pedro França/Agência Senado
Por Lucas Renan Domingos Em 17/08/2021 às 18:15

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, esteve nesta terça-feira, dia 17, em audiência no Senado Federal para tratar de um acordo sobre o aporte de recursos estaduais em obras federais no Estado catarinense. Na pauta que levou para Brasília, Moisés tinha como foco negociar os investimentos nas BRs 470, 280 e 163, mas, durante a audiência, o governador se comprometeu em buscar uma solução também para a BR-285, a Serra da Rocinha, em Timbé do Sul.

As obras na Serra da Rocinha estão paralisadas por falta de recursos do Governo Federal. A estimativa é de que seja necessário aproximadamente R$ 30 milhões para concluir a pavimentação e trabalhos de contenção em pouco mais de um quilômetro restante de pavimentação.

O Ministério da Infraestrutura aguarda o presidente Jair Bolsonaro sancionar a PLN 3/2021 para liberar um valor de R$ 15 milhões. É que a matéria autoriza o Governo Federal a realocar no orçamento recursos para obras federais em Santa Catarina que haviam sido cortados, como é o caso da BR-285. Na audiência desta terça-feira, a deputada federal Ângela Amin (PP), coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, voltou a destacar a importância da conclusão das obras na Serra da Rocinha.

“A BR-285 que com um pouquinho de esforço é possível finalizá-la. O Sul do Estado, sem dúvida, aguarda a conclusão desta obra, porque tem ligação com o Porto de Imbituba. A produção do Rio Grande do Sul, principalmente, usa esta rodovia para chegar ao porto”, evidenciou a parlamentar.

Em seguida, Carlos Moisés pediu a palavra e garantiu que também tem interesse de investir recursos estaduais na Serra da Rocinha. “Reitero, junto com a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o compromisso de encaminharmos um Projeto de Lei para a autorização de investimentos na BR-285”, pontuou o governador.

Moisés satisfeito com acordos em Brasília

Da audiência no Senado Federal, Carlos Moisés saiu com notícias positivas. O  chefe do Executivo estadual assegurou o uso de R$ 200 milhões nos lotes 1 e 2 da duplicação da BR-470 e se comprometeu a enviar um projeto de lei para a Assembleia Legislativa (Alesc) para investir outros R$ 100 milhões nos lotes 3 e 4. Com a proposta, os governos federal e estadual chegaram a um entendimento sobre o tema após mais de dois meses de impasse.

Ao todo, serão aportados R$ 450 milhões do Governo do Estado nas rodovias federais. Além dos R$ 300 milhões para BR-470, mais R$ 100 serão investidos na BR-163 e R$ 50 milhões na BR-280. Segundo o governador, a intenção é que o convênio com o DNIT para o investimento seja assinado ainda este mês.

“Santa Catarina não pode mais esperar. Precisamos acelerar estas obras para tirá-las da nossa pauta. O investimento em infraestrutura sempre foi uma prioridade nossa. Hoje o diálogo venceu. Quem transita pelas rodovias são catarinenses, e eles querem celeridade. O aporte do Governo do Estado vai proporcionar isso”, disse Carlos Moisés, que tem a intenção é que o convênio com o DNIT para o investimento seja assinado ainda este mês.

Leia mais:

Verba de R$ 15 milhões para obras da Serra da Rocinha depende de sanção de Jair Bolsonaro

Governo Federal vai recolocar no orçamento recursos para finalizar obras na Serra da Rocinha

Serra da Rocinha: em reunião, ministro da Infraestrutura garante continuação das obras na BR-285

Serra da Rocinha: 'Vamos encontrar uma solução para repor o dinheiro', promete ministro

Serra da Rocinha: uma rodovia bioceânica que trará desenvolvimento e economia ao sul catarinense