InternetData CenterAssinante

Unesc inova e lança mais de 20 cursos técnicos para atender o Sul catarinense

Cursos terão 40% da carga horária à distância e 60% no modelo presencial
Unesc inova e lança mais de 20 cursos técnicos para atender o Sul catarinense
Foto: Jéssica Rosso/Arquivo Engeplus
Por Thiago Hockmüller Em 01/06/2020 às 12:05

A Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) lançou na manhã desta segunda-feira, dia 1°, mais uma oportunidade de qualificação, formação profissional e interação com o mercado de trabalho. Trata-se da Unesc Tec, um programa de cursos técnicos disponibilizados em Criciúma e Araranguá com aulas previstas para iniciarem em agosto. 

A Unesc Tec é fruto de uma extensa pesquisa que identificou setores com necessidades de qualificação de recursos humanos. A ideia é proporcionar uma dinâmica de ensino que capacite profissionais de forma integrada, rápida e conforme as necessidades locais. “Indica um novo momento para a nossa Unesc. Mais de 21 cursos cuidadosamente pensados para gerar oportunidade para a vida das pessoas e incremento para o setor produtivo”, afirma a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta.

Para que este objetivo se cumpra, os cursos disponibilizados integram nove eixos de conhecimento: Ambiente e Saúde, Indústria 4.0, Turismo e Lazer, Infraestrutura, Gestão e Negócios, Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação, Segurança, Produção, Cultura e Design. 

“É um portfólio identificado com as necessidades locais. O número de pessoas com formação técnica profissional não vem acompanhando as mudanças tecnológicas da Indústria 4.0. A formação técnica apresenta características diferentes, mas extremamente necessárias para o desenvolvimento da região e do país. Trata-se de uma oportunidade de qualificação para todos que já possuem o ensino médio e estão no mercado de trabalho”, analisa a pró-reitora acadêmica da Unesc, Indianara Reynaud Toreti.

Capacitação ágil

A Unesc Tec foi preparada e disponibilizada para gerar um ciclo de ensino rápido e transformador. Todos os cursos disponibilizados possuem entre 1 e 1,5 ano. Além do mais, 40% da carga horária será realizada à distância (EaD) e 60% presencial. Todos os alunos matriculados receberão certificado de conclusão semestral, ou seja, informando as atribuições conquistadas ao longo do período. Na proposta, também há utilização dos laboratórios da Unesc como ferramentas de ensino.

“É uma modalidade de ensino que apresenta vantagens significativas. Nosso país precisa urgentemente de profissionais qualificados para a retomada, assim é com o nosso Estado e região. A Unesc, continuamente pensando na forma de melhor cumprir com a sua função, oferece esse conjunto de novos cursos técnicos profissionalizantes”, argumenta a reitora.

Assim como é realizado com o ensino superior, a universidade também estenderá ao programa de ensino técnico as parcerias formadas para inclusão de alunos no mercado de trabalho. Neste caso, contam convênios com inúmeras empresas e também com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

“São cursos inovadores do ponto de vista pedagógico. É um projeto robusto, qualificado e reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação”, afirma o diretor de Ensino e Graduação, professor Marcelo Feldhaus. “Fizemos uma extensa pesquisa de mercado e diagnosticamos demandas que precisavam ser atendidas em nossos cursos técnicos. São nove eixos de conhecimento e 21 cursos entre Criciúma e Araranguá”, acrescenta o coordenador do projeto, Aron Cardoso Fabri. 

Para mais informações, valores, carga horária e detalhes sobre os cursos ofertados, além da matrícula, basta acessar o site tec.unesc.

Confira os cursos disponibilizados em Criciúma:

Confira os cursos disponibilizados em Araranguá: