InternetData CenterAssinante

Transporte público: ônibus voltam a circular em Criciúma

A cidade estava sem transporte coletivo desde o dia 20 de julho
Transporte público: ônibus voltam a circular em Criciúma
Foto: Geórgia Gava/ACTU
Por Rafaela Custódio Em 24/08/2020 às 07:26

O transporte público, que estava suspenso há 34 dias em algumas regiões de Santa Catarina, retornou nesta segunda-feira, dia 24, em Criciúma, após uma decisão entre representantes da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). 

A Prefeitura de Criciúma justifica a liberação do transporte coletivo afirmando que o serviço não altera o quadro da Covid-19. Os ônibus estão impedidos de circular desde o dia 20 de julho, quando o governador Carlos Moisés assinou um decreto suspendendo o transporte coletivo em diversas regiões, inclusive na Carbonífera.

Na última quinta-feira, a Prefeitura de Criciúma emitiu um comunicado e informou que “ficou determinado o retorno do transporte coletivo urbano municipal, uma vez que reconhecido como serviço público essencial, configura-se como meio de combate ao próprio coronavírus e, também diante do estudo estatístico realizado pela Vigilância Sanitária, que comprovou que a utilização do sistema de transporte público não possui ligação com o número de aumentos de casos de Covid-19”.

Medidas de prevenção 

O retorno do transporte coletivo obedecerá a uma série de requisitos sanitários, conforme estipulado no Decreto Municipal nº 715/2020. Entre as medidas, está a realização diária de procedimentos que garantam a higienização dos veículos e ambientes de prestação de serviço. Também é necessária a disponibilização de álcool 70% em todos os veículos e plataformas, para a utilização dos motoristas, cobradores e passageiros.

“Observar a lotação de cada veículo, que deverá corresponder, no máximo, a até 50% de sua capacidade de passageiros, devendo ser demarcado o distanciamento dentro dos ônibus (assentos e colunas)”, diz o decreto. Também será proibida a circulação de dinheiro no interior dos ônibus e terminais. Portanto, só serão aceitos pagamentos por meio dos cartões disponibilizados pela Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU). 

Além do mais, também é recomendável aos passageiros evitar horários de pico nos transportes públicos, escolher rotas que evitem troca de linhas, utilizar máscara, de uso profissional ou não profissional, sob pena de ter o acesso ao transporte público negado, e de o motorista interromper a viagem, caso algum dos passageiros retire a máscara.

Oa novos horários e linhas podem ser conferidos no site da ACTU (actu.com.br), no site da Prefeitura Municipal (criciuma.sc.gov.br/) ou ainda pelo aplicativo Moovit, que permite ao passageiro localizar e acompanhar em tempo real a localização dos ônibus. O APP está disponível no sistema Android e IOS.