InternetData CenterAssinante

Trabalhadores ceramistas fecham acordo com manutenção de direitos

O acordo da categoria, com data-base em 1º de janeiro, foi fechado e aprovado em 2019
Trabalhadores ceramistas fecham acordo com manutenção de direitos
Por Redação Engeplus Em 08/01/2020 às 14:57

Os cerca de quatro mil ceramistas de Criciúma e região começaram o ano com novos salários. Entre as conquistas da classe estão: aumento do INPC do período; abono de R$ 1.220,00 e a manutenção de cláusulas como o adicional noturno de 30% e o pagamento das horas extras.

O acordo da categoria, com data-base em 1º de janeiro, foi fechado e aprovado em dezembro de 2019 nas assembleias com os trabalhadores de Criciúma e Cocal do Sul. Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Ceramistas de Criciúma e região, Itaci de Sá, a mais importante conquista desta negociação foi a manutenção das cláusulas históricas garantidas em várias lutas pelo sindicato.

“O [sindicato] patronal queria cortar o pagamento das horas extras nos domingos e feriados, alterar a jornada de forma prejudicial aos funcionários, pagar salário mínimo para algumas funções, ou seja, não dar nada e ainda cortar direitos. Mesmo sendo uma negociação razoável garantimos a renovação de todas estas conquistas”, avalia Itaci.

De acordo com Sá, as homologações agora poderão serem feitas na empresa ou no sindicato, conforme opção de cada pessoa. "Prevalece, assim, a segurança do trabalhador e da empresa em relação aos valores a serem pagos na rescisão”, diz.

Colaboração: Maristela Benedet 

Leia mais sobre: