InternetData CenterAssinante

Serviço oferecido pelo Sesi ajuda empresas no combate à pandemia

Gestão auxilia na avaliação e adequação das medidas e protocolos de biossegurança
Serviço oferecido pelo Sesi ajuda empresas no combate à pandemia
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Portal Engeplus
Por Redação Engeplus Em 12/07/2020 às 11:31

Dando sequência às reuniões online que a Federação Indústria do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) Regional Sul e Litoral Sul tem promovido para falar sobre o Protocolo Corona, na última semana foi a vez de abordar o Gestão Corona, que oferece diversas soluções para o combate ao coronavírus nas indústrias.

Entre as soluções do ‘Gestão Corona’ está a avaliação e adequação das medidas e protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. Todas as atividades são realizadas por intermédio de um interlocutor do Sesi.

“A assessoria Sesi, no protocolo Gestão Corona, contribui significativamente para que as organizações tenham segurança quanto às principais decisões a serem tomadas, considerando ainda a melhor otimização de custos, maior satisfação das pessoas e toda a segurança jurídica, muito importante neste momento. Com base no Gestão, as empresas podem fazer um plano de ação para reduzir a propagação do coronavírus, dessa forma, agindo proativamente no combate à pandemia”, ressalta a gerente executiva do Sesi Senai Regional Sul e Litoral Sul, Graziela da Silva Branco.

Segundo a especialista em engenharia de segurança Sesi/SC, Sybele Cruz, desde o início da pandemia, a Fiesc tem trabalhado com o Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina dando suporte para que as empresas consigam trabalhar dentro dos padrões de segurança. 

“O Protocolo Corona tem o objetivo de criar uma barreira entre o coronavírus e as indústrias, sendo isso o conjunto dos três projetos (Gestão Corona, testeSESI e Coronadados”, comenta Sybele.

O Gestão Corona realiza uma avaliação das regras de prevenção determinadas pela empresa e entrega um diagnóstico com as orientações necessárias para que o ambiente de trabalho esteja em conformidade com os regramentos de biossegurança. 

“A execução do monitoramento, a parte pessoal, o contato entre líder e liderado é feita pela empresa. O Sesi faz o monitoramento semanal, falando sobre a adesão, quantas pessoas estão respondendo, onde estão os piores sintomas e quais setores mais atingidos, por exemplo. A partir disso, entregamos um relatório para que a empresa possa tomar a medida protetiva mais adequada”, complementa a especialista em engenharia de segurança Sesi/SC.

Mais informações sobre o Protocolo Corona podem ser obtidas em www.protocolocorona.com.br/ ou por meio do telefone (48) 3431-9821.